20 Jun 17
Balanço (27)
Pedro Correia

daniel%20podence[1].jpg

 

 O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre PODENCE:

 

- Francisco Chaveiro Reis: «O Sporting precisa urgentemente de avançados. Teo foi para os Jogos Olímpicos e calcula-se que não volte; Barcos não mostrou nada e Spalvis, antes de poder mostrar ao que vem, lesionou-se e vai perder seis meses, pelo que aposto que os poucos jogos que fará este ano serão na B. Há ainda Slimani, que não creio que fique em Portugal mais um ano. Bem vistas as coisas, sobram Alan e Podence e nenhum deles é um avançado de raiz. Falta poder de fogo e Jesus gosta de ter quatro homens para esta posição.» (22 de Julho)

- Eu: «Novamente o jogador mais em evidência. Substituiu Barcos na segunda parte, esticando o nosso jogo. Bom na finta, na dinâmica e na visão periférica.» (23 de Julho)

- Luciano Amaral: «É preciso pôr sempre os mesmos a jogar e eles não não chegam para todas. Isto dá mesmo que pensar, quando nos lembramos que andaram a ser espalhados de empréstimo por aí jogadores da formação que, de certeza, pior não fariam: Mané, Podence, Iuri, Palhinha, Gauld...» (13 de Dezembro)

- Rui Cerdeira Branco: «Temos três meses e algum sangue novo disponível e que, mais que não fosse, pelo baixo rendimento de alguns clássicos de Jorge Jesus, já justificam uma aposta continuada por uns jogos. Pelo menos Podence e provavelmente Geraldes e Matheus Pereira. Não para satisfazer os adeptos, mas para construir um esqueleto de equipa e um balneário mais equilibrado onde todos sejam vistos como alternativas válidas.» (6 de Março)


comentar
3 comentários:
De Pedro Azevedo a 20 de Junho de 2017 às 10:18
Daniel Podence foi o jogador que veio abrilhantar o final de época do Sporting. Jogando logo atras do ponta-de-lança, numa posição nuclear no esquema de Jesus (confrontar com opinião sobre Teo no post de Pedro Correia sobre André), Podence foi o puro-sangue, o cavalo à solta, o novo Mustang do futebol leonino ou, como diria o poeta, "um vendaval que se soltou, uma onda que se alevantou, um átomo a mais que se animou". Animados ficamos todos nós, sportinguistas, e a equipa (átomo) que ganhou um electrão, capaz de executar "spins" sobre os adversários, desafiando a gravidade, adicionar electricidade ao jogo e de exercer magnetismo junto dos espectadores que o observam. Na verdade, com ele em campo, o terreno de jogo transforma-se, simultaneamente, num campo eléctrico e num campo magnético.
Apesar das suas estatísticas individuais serem modestas face ao observado no princípio da época, no Moreirense, atente-se nos números colectivos do Sporting com ele em campo: 77 pc de vitórias (antes 62 pc), 2,38 golos marcados/jogo (2,0), 0,92 golos sofridos/jogo (1,06).
Daniel Podence ainda não é um jogador completo, loge disso, mas a energia que transporta para o jogo, a forma como tira os adversários da sua zona de conforto e o tampão que produz à saída de bola do seu opositor fazem dele JÁ um jogador imprescindível. Agora imaginem o que será quando a sua definição melhorar, o último passe sair...
Daniel Podenc(ião), o Leão Electrão.


De Sporting Sempre a 20 de Junho de 2017 às 20:51
Podence é mais um dos valores seguros da formação do Sporting, que vale muito mais do que os Markovics e os Campbells que Jesus foi buscar.

Porque tem raça, porque não desiste, porque inventa coisas que surpreendem a defesa contrária.

Dito isto, parece que rende mais numa das alas e numa altura em que o jogo estela mais dividido, com mais espaço livre para aproveitar.

Para entrar de início e contra defesas fechadas, nas alas e para além de Gelson, prefiro o Matheus, com outra capacidade de centrar e rematar à baliza.


De SLB-36 a 20 de Junho de 2017 às 20:54
Caro Pedro Correia,

Podense esteve em muito bem em Moreirense mal no Sporting.

Antes que diga alguma coisa dq taça da liga.
Relembro-o que o Carrillo venceu supertaça, campeonato e taça e Portugal e não é por isso que digo que fez uma boa época.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Pontapé de saída

Palmarés leonino (38)

Memória de peixe outra ve...

O polvo encarnado (3)

Os nossos comentadores me...

Balanço (33)

A nossa identidade indest...

Tomem lá, braguinhas

Palmarés leonino (37)

As leoas a rugir

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds