19 Out 16

O Sporting decidiu dar 45 minutos de avanço ao Borussia Dortmund - nada inédito, já o fez em relação a várias outras equipas - e só começou a jogar a sério quando soou o apito inicial da segunda parte. Na Liga dos Campeões estes brindes custam muito caro.

 

Com Jorge Jesus no banco até ao fim, o Sporting nunca teria perdido o jogo do Santiago Bernabéu. Palavras do próprio, que agora o perseguem como uma assombração. Ontem Jesus voltou a estar ausente do banco. E o Sporting, claro, voltou a perder. Certos pensamentos nunca deveriam ser verbalizados.

 

Portugal é de facto um povo hospitaleiro. A primeira falta foi cometida aos 38'. Ninguém queria meter o pé, atrapalhando a manobra ofensiva dos alemães, ninguém fazia questão de ganhar segundas bolas. Fizemos tudo nos 45 minutos iniciais para que o Borussia tivesse a sensação de jogar em casa.

 

Há dois Sportings: um com Adrien, outro sem Adrien. Como a partida da noite passada voltou a demonstrar. Elias, por mais voltas que o globo terrestre dê no seu próprio eixo, jamais será um Adrien.

 

É um desperdício remeter William Carvalho quase em exclusivo a missões de contenção do meio-campo adversário. Quando ganha metros de terreno, como passou a acontecer a partir do minuto 60 com a entrada de Bruno César, o campeão europeu faz aumentar a rotação da equipa. Isso ficou ontem bem evidente.

 

Burno César tem de ser titular deste Sporting. Não me interessa que "jogue feio", como por vezes se diz nas bancadas do nosso estádio. Interessa-me que seja eficaz. Voltou a sê-lo: entrou aos 60' e sete minutos depois já marcava.

 

É impressão minha ou Bryan Ruiz apaga-se sistematicamente nos chamados jogos grandes?

 

Quanto tempo mais Markovic demorará a perceber que o futebol é um jogo colectivo? Aquelas vistosas arrancadas do sérvio "com a bola controlada", como se diz na gíria do futebol, produziram sempre o mesmo resultado: nenhum.

 

A defesa começa a construir-se à frente, pressionando a fase de construção adversária e roubando-lhe metros de terreno. Slimani percebia isso como ninguém. Mas parece não ter deixado seguidores.

 

Há jogadores que fazem a diferença neste Sporting? Há. Mas nenhum deles chegou este Verão e os melhores continuam a ser os da formação leonina. Ninguém fez tanto por merecer ontem pelo menos o empate como o inigualável Gelson Martins.

 

Mais dois golos sofridos, somados ao nosso já considerável pecúlio neste domínio. A defesa leonina precisa de reparações urgentes. Só não vê quem não quer.


comentar
78 comentários:
De Simong2 a 19 de Outubro de 2016 às 10:07
Já comentei mais abaixo sobre o treinador: Jorge Jesus é principescamente pago para treinar e estar ao lado dos jogadores, principalmente nestes jogos. Não pde andar a dar uma de "eu sou assim" e prejudicar a equipa. De que parte do seu salário é que JJ prescindiu pelis jogos em que não está onde devia.
Só mais uma nota: vim a este blog (e fiquei) por causa do jogo de Guimarães. Fui muito crítico para os jogadores e treinador. Disse, inclusive, que só faltava o Famalicão eliminar a gente e o Tondela ir roubar pontos a Alvalade. "Ralharam" comigo, porque eu estava a ser um mau sportinguista, tipo "vem aí o diabo". Em Famalicão passámos um mau bocado, o Tondela logo veremos. Há muitos que amam o Sporting como eu, não há ninguém que o ame mais que eu. Mas amar o Sporting não significa abdicar de ter olhos para ver, cabeça para pensar e sentido crítico. Não se pode aceitar tudo sem mais nem menos, só porque simos sportinguistas. Aceitar tudo e seguir o rebanho, é para outros. Não podemos aceitar uma primeira parte como a de ontem. Agora o JJ diz que há 9 pontos em disputa. E diz isso porquê? Nós não sabems disso? O treinador do Sporting precisa de fazer um retiro e pensar bem no que anda a fazer com alguns jogadores e a não fazer com outros.
Bom dia e vamos fazer do jogo com o RM, em Alvalade, uma festa, como só nós sabemos fazer, passe-se o que se passar.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:19
Concordo consigo no essencial. Mas, como viu, passámos em Famalicão. Sem necessidade de forçarmos a equipa adversária a jogar em "campo neutro" nem precisarmos de seis minutos de "compensação" inventados pelo árbitro.
Estou ainda para saber quantos jogos já terminaram nesta temporada oficial com seis minutos de compensação.
Jogámos mal em Famalicão? Sim. Mas não quero saber disso: só me interessa o resultado ao fim dos 90 minutos. Vencemos, siga a marinha.
Quanto ao Tondela, é para ganhar. Nem concebo outro cenário.


De rudolfodias a 19 de Outubro de 2016 às 13:19
Ontem, no vosso jogo, o árbitro deu 5 minutos e terminou aos 97, caro calimero Pedro Correia.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 13:25
Ontem o tempo extra só começou a contar aos 2 minutos por lesão (real ou simulada) de um jogador alemão.
Algo que você saberia se tivesse visto o jogo e não falasse do que ignora.


De rudolfodias a 19 de Outubro de 2016 às 14:00
Isso são desculpas. Deu 5 minutos e terminou aos 97. O resto é letra.


De Sérgio a 19 de Outubro de 2016 às 14:12
Por acaso no jogo do Benfica o guarda-redes do 1º de Dezembro, por volta do minuto 88 ou 89, também esteve uma grande quantidade de tempo a receber umas massagens nas pernocas. No jogo do Benfica o árbitro deu 6 minutos no total da primeira com a segunda parte (zero na primeira parte). No jogo do Sporting-Dortmund o árbitro deu 1 minuto na primeira parte mais 7 na segunda parte, o que soma 8 minutos. Qual é mesmo a queixa?


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 19:12
Na primeira parte do Sporting-Borussia não houve tempo extra.


De jpt a 19 de Outubro de 2016 às 14:41
que exagero Pedro Correia, 2 minutos de interrupção nos descontos, não foi nada disso, eu vi o jogo, e atento. Aos 90 minutos o jogo estava interrompido e recomeçou-se a jogar 1 minuto (e cinquenta e dois segundos) depois.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 15:52
Ah, pois, é verdade.


De Simong2 a 19 de Outubro de 2016 às 13:40
Amém...


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 15:52


De anonymous a 19 de Outubro de 2016 às 15:35
Para que se saiba, ontem foram SÓ 7 minutos de compensação. Os 5 da placa, mais 2 porque o árbitro lhe apeteceu...


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 15:51
Outro ceguinho, que não viu o jogo. O tempo extra só começou a jogar-se ao 1'52''.


De Sérgio a 19 de Outubro de 2016 às 10:11
O Sporting em casa tinha obrigação de vencer contra o quinto classificado da liga alemã. Olhando para as estatísticas, apesar do Dortmund ter tido maior percentagem de posse de bola, os jogadores da equipa alemã também correram em média muito mais que os do Sporting, o que significa que os jogadores do Sporting se deram ao luxo de não correrem muito atrás da bola. Isto para além de não serem minimamente agressivos na primeira parte. Fico com a ideia que este jogo foi encarado como um treino para o Sporting. Novamente nesta época, as baterias viram-se todas para o campeonato português e no próximo fim de semana o Sporting estará na máxima força contra o Tondela.



De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:15
O Sporting podia e devia ter vencido este jogo. Como deixou bem claro na segunda parte.
O problema, lá está, é que os alemães beneficiaram de 45 minutos de avanço.


De Sérgio a 19 de Outubro de 2016 às 14:16
Entre estar em força contra o Dortmund ou estar em força contra o Tondela, o Sporting escolher a segunda.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 16:03
Sem a menor dúvida. Limpinho, limpinho. Venha o Tondela. E que seja despachado mesmo num jogo "feio", como sucedeu ao Famalicão.


De SportingSempre a 19 de Outubro de 2016 às 10:21
Estamos em completa sintonia.


Jesus parece ter adormecido à sombra dos elogios de Madrid, e sucedem-se os erros de gestão do plantel e análise dos adversários.

Aubameyang é um craque, talvez o melhor jogador africano da actualidade. Ontem fugia da zona central, encostava-se à linha, aproveitava o adiantamento sem critério nem utilidade do Marvin, para receber a bola já lançado e bater o Semedo em velocidade (já nos sub-21 o Semedo foi comido duas vezes da mesma forma). Alguém sabia no banco do Sporting que ele existia ?

O trinco Weigl é mesmo muito bom. Jogou completamente à vontade, sem marcação do Markovic, desarmou, distribuiu jogo, avançou, marcou um golaço (daqueles que William teima em não fazer). Alguém sabia no banco do Sporting que ele existia ?

No meio campo o Borussia tinha 3 baixinhos voadores. Correram que se fartaram no 1º tempo. O Sporting tinha William e Elias. É como por velocistas contra maratonistas. Alguém sabia no banco do Sporting que eles existiam ?

Alguem me pode explicar a insistência em dois jogadores emprestados, Markovic e Campbell, que jogam sempre à revelia da equipa e à procura do lance individual, em detrimento de jovens com imenso potencial da academia, como Matheus ou Podence ? Ou porque é que Mané regrediu com Jesus ?

Ou a insistência num lateral adaptado desprovido de inteligência para o lugar, Marvin, quando temos emprestado um internacional A pela Argentina ?

Dost não é Slimani e nunca fará o que Slimani fazia. Só tem de ter mais sorte que ontem e marcar golos. A defesa tem de se fazer nos outros 10, com Dost a defender quanto baste para aguentar o jogo todo em condições.

Elias não é Adrien e nunca fará o que Adrien faz. Mas é bom a jogar atrás do ponta de lança, a fazer pressão alta e a romper em velocidade pela defesa.

Brian Ruiz está cansado. Muitos jogos nas pernas, muitas viagens intercontinentais, mudanças de clima, etc. Não pode jogar sempre os 90 mnts. Rende sempre os mínimos mas isso pode não ser suficiente.

Enfim, se Dost tivesse cabeceado uns cms para a esquerda tinhamo-nos safo com o empate... Assim, a liga Europa espera-nos. Aquela que Jesus mais gosta, pelos vistos.




De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:23
Jesus prefere a Liga Europa e percebe-se porquê. Este Sporting não tem ainda dimensão de Champions. Há que reconhecer isto sem ambiguidades.
A exibição em Madrid foi ilusória. E fez mal ao colectivo leonino, como se viu.
Precisamos agora de motivação extra em todos os jogadores para superar obstáculos aparentemente menores, tipo Famalicão e Tondela.
Mas é aí que se decidem as taças e os campeonatos...

Quanto à sua observação sobre os jogadores, uma vez mais, estamos de acordo.
Que regresse o Jonathan.
E que se aposte mais na prata da casa, que já provou ser muito boa (William, Adrien, Dier, Cédric, João Mário, Carlos Mané, Gelson Martins, Rúben Semedo - só para falar dos últimos três anos).


De anonymous a 19 de Outubro de 2016 às 10:23
O resultado até nem foi mau, quando comparado com a exibição e as oportunidades criadas por ambas as equipas.
Segue-se a ´Ligoropa´ onde JJ costuma ser feliz...


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 11:57
O resultado teria sido diferente se não tivesse sido anulado um golo limpo ao Coates.


De Carlos Silva a 19 de Outubro de 2016 às 12:02
Está ? Estou. É da PJ ? Os senhores não se importavam, por favor de mandavam aqui um piquete. Era para verificarem se encontravam algum árbitro em flagrante, a receber vouchers com refeições à borla. Ah mas antes de virem, telefonem se faz favor. Se vierem antes de almoço "comem cá ca gente".


De anonymous a 19 de Outubro de 2016 às 15:45
Ontem foram mais dois 'vouchers'.
Assim de repente e se bem me lembro, nos últimos 4 jogos, acho que o Patrício papou uns 10 vouchers com almoços e jantares de borla.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 16:04
A PJ continua a passar a pente fino as vossas instalações? Espero que vocês tenham limpado o pó antes desta vistoria para não dar mau aspecto.


De Carlos Silva a 19 de Outubro de 2016 às 16:05
Esses se forem obtidos por meios legais, são normais no futebol, embora me custem.
Agora aqueles que servem para alimentar a falta de verdade desportiva, já são criminosos. É óptimo ganhar. mas nunca por jogadas por debaixo da mesa (ou por cima)


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 19:12
Nunca.


De Carlos Silva a 19 de Outubro de 2016 às 19:27
Aliás, se não tivessem a memória curta, ( subentendendo que a tinham, o que é sempre importante comprovar), eles sempre se deram mal com o Vale Tudo. Como dizia o outro, "cá se fazem cá se pagam" embora possa levar algum tempo, como o reembolso do IRS


De JMC a 19 de Outubro de 2016 às 10:40
Da imprensa:
«Bruno de Carvalho não se 'poupou' nos protestos à arbitragem»

E é isto o Sporting...
Quando as coisas correm mal protesta-se contra os malvados "inimigos" externos.
Quando perceberem que o mal principal está dentro de portas, talvez já não vão a tempo...


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:14
Da imprensa:
«Um trabalho deplorável do árbitro esloveno, com condução miserável do jogo (sem qualquer critério) e conivência revelada a partir do momento em que os alemães optaram pelo antijogo.»
(Rui Dias, no complemento à crónica do jogo, 'Record')
«Lance difícil mas fica penálti por marcar sobre Schelotto. Lateral faz carga sobre o argentino e usa o braço para o afastar. Falta.»
(Bernardo Ribeiro, em análise aos casos de arbitragem, 'Record')
«Não gostei do árbitro. Quis deixar jogar, mas perdeu-se. Confundiu e baralhou mais o Sporting, mas prejudicou o jogo.»
(Ulisses Morais, analisando o desafio, 'Record')

Rui Dias, Bernardo Ribeiro e Ulisses Morais, na sua óptica, devem ser pseudónimos de Bruno de Carvalho.


De rudolfodias a 19 de Outubro de 2016 às 14:09
Quando é para passar a mão pelo pelo, a imprensa já é honesta e já conta.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 16:07
RFD e JMC são a mesma pessoa? Nada que eu não tivesse já suspeitado.


De MB a 19 de Outubro de 2016 às 11:12
Mais vale apostar no Matheus e Campbell do que no Markovic. Markovic vai fazer a pré-época até janeiro e depois se tiver cabeça, começa a jogar melhor. Entretanto, não demos oportunidade a jogadores que para o ano estão cá. É como o Petrovic... Paulista é muito melhor e tem uma gigante margem de progressão.

Estou mais chateado com o nosso treinador do que com a derrota.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 11:54
Com o Raul José?


De MB a 19 de Outubro de 2016 às 12:15
Não seja cínico. Sabemos muito bem que o Markovic só joga a titular porque o Treinador principal assim o quer.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:34
Acha que faz sentido falar no Paulista sabendo que o rapaz é "atreito a lesões", como se diz no futebol, e está de momento (uma vez mais) lesionado?


De MB a 19 de Outubro de 2016 às 12:37
Retiro o que disse do Paulista, tem razão e infelizmente está lesionado constantemente.

Agora deixou a parte que interessa sem qualquer resposta: "Mais vale apostar no Matheus e Campbell do que no Markovic. Markovic vai fazer a pré-época até janeiro e depois se tiver cabeça, começa a jogar melhor. Entretanto, não demos oportunidade a jogadores que para o ano estão cá."



De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:44
É a sua opinião, legítima, não tenho de responder-lhe. Por acaso até estou de acordo. Aliás sempre defendi que o Sporting deve apostar na formação.
Matheus não foi feliz na pré-época, há que reconhecer. Mas já deu provas de talento suficientes para merecer que a equipa técnica aposte nele. Fiquei satisfeito por vê-lo ontem no banco, o que já constitui um sinal.
Em relação ao Campbell, reservo a minha opinião. Parece-me com tanta tendência para se agarrar à bola como o Markovic. E com tanta vocação para se integrar em missões defensivas como o sérvio. Mas merece mais minutos de jogo, isso sim.


De Luis Moreira a 19 de Outubro de 2016 às 11:15
Para além da ausência de Adrien o grande problema foi a pressão alta só ter existido a partir da entrada do César Bruno. A saída da bola por parte do Dortmund até metia medo. Até à entrada da área do Sporting não encontrava obstáculo nenhum. Uma avenida.
O rei da táctica falhou quis colocar velocidade no ataque mas destapou o meio campo . Para agravar o problema, Elias refugou-se na companhia de William.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 11:51
O meio-campo do Sporting deu sempre 30 metros de margem de progressão ao Dortmund durante a primeira parte. Com o Elias nas covas, encostado ao William. O Bryan Ruiz submetendo-se obedientemente às marcações. E o Markovic a cavalgar para lado nenhum, agarrado à bola como lapa agarrada à rocha.
Assim é difícil.


De Saraiva de Carvalho a 19 de Outubro de 2016 às 11:15
Se ainda havia dúvidas, ontem comprovou-se: JJ faz muita falta no banco. Quando ele não está, ou é obrigado a sair, é derrota certa. Foi assim em Madrid e foi assim ontem.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 11:53
Ele nunca devia ter dito isso. Mas muito pior foi aquilo que o Bela Guttmann disse em 1962: que sem ele o SLB não voltaria a ser campeão europeu.
E não foi.


De Rudolfo Dias a 19 de Outubro de 2016 às 11:20
Pelo jogo (que não vi, pois não consigo ver um jogo em que só torço para uma equipa perder) e pelos comentários que por aqui andam, posso constatar o seguinte:
--A teimosia do vosso treinador em meter o markovic e de certeza que o vai manter, em detrimento de jovens promessas que fariam igual ou melhor, prova a casmurrice de alguém que já saiu de uma outra estrutura bem mais poderosa pelos mesmos motivos. Razão a LFV quando disse que não era o homem certo para o projecto. Começa nesta época até a ser contestado por aqueles que dantes o idolatravam. Proponho até uma troca, sem encargos para ambos os clubes, desse malfadado markovic por outro jogador que tarda em Carrilhar de águia ao peito.
--Para a polémica que se levantou dos 6 minutos de compensação dados num jogo da taça, neste tivemos 5 mas só terminou aos 7. Agora, nada a dizer?
--Semedo provou neste jogo que Fernando Santos tem razão em não o convocar. WC esteve muito bem pois até deu origem a dois golos....do Dortmund. A ausência de Adrien não pode servir de bode expiatório para as debilidades de uma equipa. Mal era se uma equipa fosse dependente de um só jogador e não encontrasse alternativas. Um plantel tem vinte e tal jogadores, culpa de quem o forma não ter encontrado soluções para isso.
--Quanto ao Bryan Ruiz não é de admirar o seu apagão, pois ele sofre do Síndrome de Jonas.
--Para terminar, de salientar a enorme falta de fairplay de uma equipa que não devolve a bola quando havia um adversário sangrento em campo e o regresso ao passado de BdC em culpabilizar a arbitragem nas derrotas que são fruto de erros próprios.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 11:47
Tuga típico. A comentar o que não viu.


De Edmundo Gonçalves a 19 de Outubro de 2016 às 12:23
Viu!
Ele até sabe que o jogo durou mais que os cinco minutos que o árbitro concedeu de descontos.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 12:35
Ah, pois. Essa é a melhor prova de que viu (com o olho interior, de que falava o Lobsang Rampa).


De Simong2 a 19 de Outubro de 2016 às 13:46
Eu não disse já que há deles que gostam mais do Sporting do que macaco por banana?! Não disse já que eles não se assumem, que ficam no armário a ver os jogos do Sporting com o cachecol ao pescoço e depois vêm para aqui mandar postas de pescada?! Pois o sr. Rudolfo é um desses, só pode! E cá fica o mesmo conselho: assuma-se, homem, deixe-se de traumas que só lhe fazem mal!


De Rudolfo Dias a 19 de Outubro de 2016 às 18:44
Esta conversa "assuma-se, homem" faz-me lembrar a mesma conversa do ex provedor Francisco que por aqui rastejava. Será que agora vem com o nome de Simongo2?


De Simong2 a 19 de Outubro de 2016 às 19:33
Sr. Rudolfo, não lhe fica bem escrever erradamente o meu nick. Ainda que sendo um nick, deve merecer-lhe respeito.
E, para sua informação: não, não sou outra pessoa qualquer, ando neste blog há relativamente pouco tempo, mais propriamente desde o jogo do Sporting em Guimarães. Vim e fiquei e ainda não chamei a ninguém um nome que ele não tenha. De modo que o sr Rudolfo, ou se respeita a si próprio escrevendo como deve ser o meu nick (e outros, mas de outros não sou advogado), ou não terá mais nenhuma vez o prazer de me ler em discurso directo para si. Espero que tenha percebido tudo. E passe bem.


De Edmundo Gonçalves a 19 de Outubro de 2016 às 14:25
Não foi com esse...


De Carlos Silva a 19 de Outubro de 2016 às 13:27
Será que há quem venha para aqui, porque nos blogues dos seus clubes ninguém lhes liga nenhuma ? Será que têm a ilusão que aqui será diferente? É certo que a paciência dos sportinguista é muito grande, veja-se o tempo que estamos à espera por um titulo, mas não exageremos. Pacientes sim, parvos não.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 16:08
Alguns vêm cá como forma de terapia. Outros para ganharem ânimo: só assim conseguirão sair do armário.


De Carlos Silva a 19 de Outubro de 2016 às 16:34
Possivelmente pela atração que certos tipos gostam de olhar pelo buraco da fechadura. Só que devem pensar, que a posição é incomoda e algo perigosa.


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 19:09
Depende. Para eles se calhar não é nada incómoda.


De Carlos Silva a 19 de Outubro de 2016 às 19:21
Gostos !


De Simong2 a 19 de Outubro de 2016 às 19:34
Nem mais.


De Anónimo a 19 de Outubro de 2016 às 11:29
Vero. E pergunto eu: - como é que é possível isso tudo acontecer às ordens de Jesus superstar? Será que Jesus também muda de chip? E ainda mais importante porque é já o próximo, como é que vai ser com o Tondela? E depois a culpa será do Bruno ou do Benfica?


De Pedro Correia a 19 de Outubro de 2016 às 11:56
Com o Tondela é para ganhar, claro.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Cada vez mais encarnada

O desespero

Leoas às sextas

Os nossos comentadores me...

Afinal sempre há algo imp...

É só p'ra dizer presente!

Arbitragens antes e depoi...

Os nossos comentadores me...

Bas Dost versus Slimani (...

Pérolas de Rui Oliveira e...

Arquivo

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds