04 Dez 16

Existe uma diferença jurídica entre erro e dolo.

O erro ocorre por culpa do próprio sem intervenção de terceiras pessoas que para ele contribuam ou o instinguem; se existir intervenção de outrem estamos a falar de dolo.

Esta introdução vem a propósito do jogo de ontem.

Vou emitir uma opinião impopular (mas é a minha opinião) ontem não existiu erro nem dolo por parte do árbitro na anulação dos dois golos. Foram dois lances bem decididos.

No golo de Bas Dost, o holandês coloca a mão no ombro do defesa e impulsiona-se para cabecear a bola, o lance de ontem foi bem decidido.

Rui decidiu bem, ontem. Quem errou foi Artur no dia 1 de Outubro de 2016, Francisco, tem nome de papa mas não é nenhum santo empurra, barbaramente, Ezequiel e o "melhor árbitro português" assobia para o lado e assinala golo.

No golo de Coates este domina a bola com o braço, primeiro e depois embate com o guarda-redes dentro da pequena área, o lance de ontem foi bem decidido.

Rui decidiu bem, ontem. Quem errou ou quem dolou foi Joaquim no dia 14 de Maio de 2005, Luisão nesse dia não escorregou, saltou com tudo para cima de Ricardo dentro da pequena área mas Joaquim finge que não vê a bárbara agressão do defesa ao guarda-redes (dentro da pequena área, repito) assinala golo e campeonato a favor dos do costume.

Errar, erra-se muito no futebol português, umas vezes com dolo outras vezes sem golo mas há algo que nunca falha, o prejudicado é sempre o mesmo: o Sporting Clube de Portugal. 


comentar
24 comentários:
De Jorge Campos a 4 de Dezembro de 2016 às 17:00
No primeiro, o Bas Dost já está no ar quando encosta a mão no defesa. O árbitro assinala golo e depois a telefonia de ouvido diz que não. Arbitro com visão limpa do lance. Fiscal da telefonia tapado por pelo menos dois defesas.
No segundo, a bola no braço não é marcada. Coates cabeceia antes de tocar no guarda redes que está "aos papeis" e vai na direcção de Coates.
Aceito que se anule o segundo com a desculpa da mão do Coates. No primeiro não há desculpa nenhuma.


De leão verde a 4 de Dezembro de 2016 às 17:13
No segundo a falta que o boi do apito assinala não é a mão do Coates. É uma "falta" que só ele viu. Aceito que o apeadeiro assinalasse a mão do Coates; não estaria a inventar nada. Não aceito que se anule um golo por uma falta que não existiu ou por outra cometida vários segundos antes.


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 17:32
Caro Leão Verde,
A questão é os apeadeiros como lhes chama não terem um pensamento matemático.
Na matemática 1+1=2.
Para os árbitros não se for Luisão a carregar o guarda redes na pequena área não há falta se for Coates já existe.
Vou estar atento à opinião da Central de Informações Lampionica sobre o lance. Talvez opinem que o lance foi bem anulado. O que implicará admitirem a ilegalidade do golo de Luisão.
SL


De leão verde a 4 de Dezembro de 2016 às 18:11
Por acaso o apeadeiros foi o c@***o do corrector. Escrevi apitadeiros.
Tenho o meu portátil avariado, por isso escrevo no tablet. O que é bem mais complicado, pelo menos para mim.


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 18:25
Sem problema.
Apeadeiros também não está mal.
Um abraço e as melhoras do seu portátil é sempre um transtorno quando esses electro domésticos nos falham.


De Rudolfo Dias a 5 de Dezembro de 2016 às 19:40
Pelo teor dos comentários, isso já lá não vai com ou sem corrector.


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 17:18
Caro Jorge,
No golo de Coates estamos de acordo. Há uma mão na bola e o lance devia ter terminado aí.
No lance do holandês há um contacto que deve ser sempre assinalado ou então não deve ser ser nunca.
Falei do lance de Guimarães para Ilustrar que lances semelhantes foram julgados de forma diferente sempre em prejuízo do Sporting.
SL


De Jorge a 4 de Dezembro de 2016 às 19:19
Pedro,
Estamos de acordo, só que a mão só chega às costas quando ele já atingiu impulsão máxima. Não tem influência nenhuma, é que ele nem empurra o outro jogador. o próprio arbitro que está na linha de visão do espaço entre os dois jogadores valida o golo.


De Carlos Silva a 4 de Dezembro de 2016 às 17:35
É também a minha opinião


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 18:07
Somos dois, então, Carlos.
Abraço e SL


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2016 às 18:06
NETO,

Tenho a opinião do Jorge Campos, o golo do Dost é limpo; quando faz a impulsão não toca em ninguém, na descida o pinheiro toca em quem está à frente, mas a princesa já se anicha lá dentro. Segundo o autor do post, de futuro, quando o avançado saltar com o defesa deve colocar os membros superiores atrás das costas.

No segundo golo, o "malcher" não sancionou a mão na bola, depois não houve nada.

Saudações luso-brasileiras.


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 18:28
Saudações retribuidas, anónimo.


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2016 às 18:45
Não acredito que o Pedro Oliveira tenha visto bem o lance; quem esteve em Alvalade, não teve dúvidas o golo de Dost é limpinho. O autor, conhecido pelo seu rigor, também, gosta de polémicas.

Saudações do seu amigo, NETO


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 20:16
Caro NETO,

Sei que está cada vez mais se desusando, mas lhe recomendo que "cheque" essa prosa aqui:
http://org.fpf.pt/Portals/0/Documentos/Centro%20Documentacao/LeisJogo/LEIS%20DO%20JOGO%202016-17.pdf
pode ir para a p. 81/206
viu?
«Um pontapé-livre directo é concedido à equipa adversária do jogador que cometa uma
das seguintes infracções por imprudência, negligência ou com força excessiva:
• saltar sobre um adversário»
Poder-me-á dizer que Bas nem tocou, nem saltou sobre, nem fez nada... gostaria de lhe dar razão, mas a realidade desmente-o.
SL





De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 20:28
Desculpa, NETO,

Me esqueci de comentar isto:
"quem esteve em Alvalade, não teve dúvidas o golo de Dost é limpinho"
Sabe essa do "limpinho" vem na sequência da maior "capelada" de sempre do futebol português, recordando:
«A verdade verdadinha é que se o Maxi não tivesse feito o pénaltie ao Capel o Sporting tinha-se adiantado no marcador, mas certamente o benfica daria a vollta. Mas como ele como sempre foi burro seria pénaltie e cartão vermelho. Se o pénaltie entrava isso era outra conversa, agora eu queria e era justo ver o slb com menos 1 e provavelmente a perder 0-1 como é que ia marcar aqueles 2 golos sem sofrer mais nenhum. Ó meus amigos o slb já leva mais de 20 pénalties a favor, cartões népia, quando é das equipas mais duras do campeonato. Desde a 1ª Jornada que eu disse que o campeonato estava entregue. O orelhas quando entrou disse:O importante é colocarmos as pessoas certas nos lugares certos. Lembram-se?Gostais de ganhar assim?Só quem não percebe nem gosta de Desporto é que gosta de ganhar assim. Campeonatos ganhos nos bastidores?Não obrigado. Gozar e brincar com o esforço dos outros?Só quem não praticou e não sabe dar o valor. Acho que o campeonato seria mais interessante e poderiam ganhar na mesma sem tantos fantasmas. »
http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=107703
É ofensivo para os adeptos e para os sócios do Sporting o actual técnico do clube utilizar essa palavra.
Há quem tenha memória.
SL


De JC a 4 de Dezembro de 2016 às 18:51
A próxima medida da Liga é obrigar a que os calções dia jogadores tenham bolsos. Assim já se pode saltar com as mãos nos ditos :-)


De leão verde a 4 de Dezembro de 2016 às 20:12
Bem visto! Estão sempre a inventar regras absurdas, era apenas mais uma.


De Pedro Oliveira a 4 de Dezembro de 2016 às 20:29
Parece-me uma excelente ideia.

SL


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2016 às 21:04
"A verdade é aquela da qual temos consciência"

Caro Pedro,
Obrigado pelos esclarecimentos e pelo tempo que lhe roubei.
O "limpinho, limpinho" de má memória é de autoria do JJ, quando treinava o "time da sacanagem"; ele hoje está outra pessoa ao treinar o seu clube de sempre( também do avô e do pai).
Entendo as suas razões no lance em questão, mas não estará a ser mais papistas que o Papa? Como já deve ter visto, Pedro Correia faz um post com a opinião de vários árbitros e todos consideram a decisão de Rui Costa "erro grave".

Mas, concordo consigo; nós Sportinguistas apreciamos a verdade acima de tudo, não gostamos, como outros , de ganhar por ganhar......é isso que nos torna diferentes.
Neto
Saudações Leoninas


De SportingSempre a 4 de Dezembro de 2016 às 22:11
Não concordo nada consigo, e comparações com outros jogos / lances não levam a lado nenhum, cada caso é um caso. O Ricardo e o Luisão não são para aqui chamados, e se quer saber a minha opinião (muito discutível) foi um frango do Ricardo que nos fez perder um campeonato, GR muito bom entre os postes mas fraquíssimo fora deles.

O primeiro golo é limpo, Dost não põe as mãos em cima do defesa para saltar, salta e marca. O que acontece depois com as mãos não interessa.

O segundo golo é limpo. O GR larga a bola para a frente, Coates aproveita e marca. Depois de tocar na bola acontece o contacto com o GR.

E antes disso, Coates recebe a bola com o peito em rotação, só depois disso lhe vai ao braço. Não ficou de frente para bola e parou a bola com o braço. É muito discutivel que seja falta.





De rudolfodias a 4 de Dezembro de 2016 às 22:12
Concordo com o Pedro Pereira quanto aos dois lances bem anulados ao Scp. Nada a dizer.
Não concordo com o de Guimarães pois o jogador vimaranense só empurra pois é empurrado por um defesa do Scp. Golo bem validado, 3-3 resultado justo.
Quanto aos dois golos com que o Scp ganhou ontem, nada a dizer. O primeiro é um frango de todo o tamanho (o varela saiu completamente em falso) e o segundo foi um cruzamento que saiu melhor do que a encomenda.


De Anónimo a 5 de Dezembro de 2016 às 09:15
o rudolfo dias no seu melhor... quem é esse de Pedro Pereira?
No próximo Domingo se não houver casos lá se vai a liderança e o Rudolfo perde o pio ou então vai chorar para Carnide. E o neto vai cantar "um dia de domingo" sempre com a porta da geladeira aberta.

SL


De rudolfodias a 6 de Dezembro de 2016 às 08:55
Realmente, enganei-me na árvore.


De Anónimo a 6 de Dezembro de 2016 às 12:05
A conselho a ir ao youtube ouvir esta canção com Gal Costa e um cantor já falecido :"UM DIA DE DOMINGO" -11/12
Dia da caça às águias. Linda canção, mas hoje começa a derrocada.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Eles não inventam nada, ...

Este é capaz de tudo

Leoas as sextas

Os nossos comentadores me...

Balanço (30)

Isto será sobre o quê?

Pergunto por perguntar

E agora Fernando?

Guerra, o espião que veio...

Sábias palavras de aviso

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

há um ano

slb

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

análise

crise

formação

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds