Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Is anybody out there?

“I don't wanna be left/In this war tonight/Am I alone in this fight?Is anybody out there?”


 

Desde que me conheço que tenho um certo jeito para arranjar lenha para me queimar. Por vezes consigo travar a tempo, mas noutros momentos, quando noto por onde me meti, já é demasiado tarde para voltar atrás. É possível que isso explique porque sou sportinguista.

Faço planos desvairados, anoto mentalmente  em êxtase “custe o que custar ir assistir ao jogo em que o Sporting conquista o título”, como se Bona fosse à distância de um piscar de olhos. Adiante. Envolvo-me num turbilhão de ideias que, iludo-me, concretizadas iriam pôr a finalmente jogar a hipnotizada equipe (conheço vários métodos usados pelos curandeiros africanos) e que fariam sorrir os desconsolados (nós). Quando retomo a consciência (ao ler a imprensa desportiva, argg) assusto-me com as tolices que imagino.

Nunca ser sportinguista foi fácil, nem para fracos, mas ó Ricardo darling, vê lá se reages, porque no peito uma leoa também bate um coração (frágil e que precisa de mimos, leia-se vitórias).

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D