Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Empate com o Vitória

O 0-0 de ontem com o Vitória de Guimarães foi uma oportunidade perdida para começar o campeonato com mais dois pontos do que os nossos rivais mais directos. Mas o que mais me preocupou foi que o Sporting não teve equipa suficiente para vencer um banalíssimo Guimarães, cujos únicos elementos de valor são Barrientos, Bruno Teles e Toscano. De resto, nada.

O Sporting, na minha opinião, começou mal a época por sua culpa. O plantel parece melhor do que o do ano passado, embora algo desequilibrado. Temos uma defesa mais sólida, com dois centrais óptimos, só que falta um lateral direito a sério. Temos um excesso de opções para o centro do terreno, mas o mesmo não acontece nas alas. No ataque só temos um ponta-de-lança - Viola já disse que não o é de raiz.

Apesar disto tudo, acho que o jogo de ontem teve experimentalismos a mais. Análise, sector a sector:

 

Guarda-redes: Rui Patrício esteve bem, diria mesmo irrepreensível, e quase sem trabalho durante todo o jogo.

Defesa: Insúa esteve também muito bem, mas ainda à procura da melhor forma; Boulahrouz e Rojo não deram qualquer hipótese e mostram ser um caso sério de solidez, mesmo com poucos jogos juntos; Cedric tem qualidade e é esforçado, mas falta-lhe raça e espírito de sacrifício.

Meio-campo: Gostei de Elias - que está a ganhar à vontade e a querer mandar - e não gostei de Gelson Fernandes e de Adrien. Acho que a equipa teria ficado muito melhor servida com a inclusão de Rinaudo e de Schaars e não percebo como nem sequer foram opção para a segunda parte.

Ataque: Van Wolfswinkel está longe da boa forma e precisa de ganhar novas rotinas ofensivas. Também precisa de ter concorrência directa à altura. Nas alas, Carrillo e Capel são dos que mais estão em jogo e lutam para fazer chegar a bola à baliza, só que nem sempre da melhor forma. São hoje em dia titulares quase indiscutíveis.

Suplentes: André Martins nunca compromete porque tem um toque de bola superior (e muito acima de Adrien) e tem visão de jogo. Labyad não se viu, tal como Jeffren. Apesar disto, continuo a acreditar que o marroquino vai ser um dos jogadores mais em evidência esta época. Se jogar e tiver as oportunidades que outros têm (Adrien) e desperdiçam.

3 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D