20 Jul 12

Mário Figueiredo - Presidente da Liga: «Não podemos passar do tudo ou nada de um momento para o outro. Mais caricato do que isso, alguns dirigentes de clubes que votaram favoravelmente a proposta também se arrependeram rápida e publicamente, como foi o caso de António Salvador, presidente do S.C. Braga».

Observação: Afirmação do empregado dos clubes que desde o primeiro instante veio à praça pública criticar a decisão dos seus empregadores. Quanto a António Salvador, não pasma a sua marcha atrás; levou um puxão de orelhas do seu «patrão» - presidente do azul-e-branco - e evocou o dito por não dito. A recompensa não tardará! 

 

Isidoro Sousa - Presidente do Olhanense: «Aconteceu o que sempre defendi. Houve bom senso na decisão final num processo que não foi bem pensado, que foi precipitado e mal planeado, desde o seu início».

Observação: É por de mais evidente que o que foi mal pensado desde o início foi a conveniência de alguns, em detrimento do todo.

 

 

 Luís Sobral - Mais Futebol: «O fim dos empréstimos entre clubes da mesma divisão seria bom para o futebol, mas mau para os jogadores. Fazer a alteração em cima do joelho, como queriam alguns clubes, seria péssimo para todos».

Observação: Desde quando o que é bom para o futebol é mau para os jogadores, quando só o estado salutar do futebol - desporto e indústria - permite o seu bem estar? Claro que «foi feito em cima do joelho». Um bom português, como é tradicional, deixaria para amanhã o que pode e deve ser feito hoje! 

José Manuel Meirim - Especialista em Direito: «A decisão é clara e significa o fim da proibição ao cancelamento dos empréstimos».

Observação: E quem andar à chuva, molha-se!... Foi necessário consultar um especialista em Direito para nos dizer isto? É evidente que o mais importante, pelos seus conhecimentos jurídicos, ficou por dizer, para não contrariar a «maré».


comentar
7 comentários:
De A. Santos a 20 de Julho de 2012 às 23:01
É verdade caro Rui Gomes. Como se diz em linguagem popular, o gato comeu a língua ao José Manuel Meirim. La Palisse não faria melhor... Muito pouco para aquilo que este Sr. costuma dizer. Faltaram-lhe as palavras...

Saudações Leoninas


De Rui Gomes a 20 de Julho de 2012 às 23:10
É isso mesmo. O seu silêncio é estrondoso. Fiquei estupefacto. Cumprimentos.


De Lancero a 20 de Julho de 2012 às 23:35
Não tenho procuração, e até considero que aplicada atempadamente (e não com épocas já planeadas como agora) a medida é justa e positiva, mas acho que Meirim faz o que todos os juristas deviam fazer: não comenta sem saber os fundamentos e argumentos utilizados.
Infelizmente, os órgãos da FPF não cumprem a lei e não publicam as suas deliberações e acórdãos.


De Rui Gomes a 21 de Julho de 2012 às 00:03
Até um certo ponto estou de acordo consigo. A questão que me perturba é que sabe tão bem como eu o fundamento jurídico que sustenta «os princípios de livre acesso a trabalho». Eu também achava mais justo e eficaz o regulamento ser implementado com uma época de pré-aviso. Só três problemas com esta consideração: 1. o português gosta muito de deixar para amanhã o que pode fazer hoje, e isso tanto é verdade agora como daqui a um ano. 2. a oposição de hoje manifestar-se-ia daqui a um ano, de outro modo e por outros meios e, finalmente, diversos dos nove que votaram contra são os mesmos que queriam alargar o número de clubes imediatamente. Tudo, infelizmente, surge à conveniência partidária. Fundamentalmente, o que mais me indignou no todo do processo, foi a hipocresia corrente, alegando a defesa do jogador nacional quanto todos nós sabemos que isso não corresponde aos factos. A lei Bosman foi implementada por ordem da autoridade «civil» precisamente para eliminar o «armazenar» de jogadores. Os clubes, através dos empréstimos em número exagerado, descobriram um método para contornar um aspecto essencial da dita lei Bosman. Isto é um assunto que dá «pano para mangas» com um leque de razões justas, mas outras muito inválidas.


De josé manuel meirim a 22 de Julho de 2012 às 13:47
Não tenho por hábito interferir nas opiniões sobre a minha pessoa e afirmações. Por uma questão de reposição da verdade - os comentários são, na maioria das vezes, efectuadoscom total desconhecimento do contexto -, devo acescentar algo aos leiotres e comentaristas deste blogue.

A única pergunta que me foi feita pelos jornalistas -no desconhecimento dos fundamentos da decisão do CJ´- só tinha aquela resposta. Não sou responsável pelo que me perguntam. Apenas sou responsável pelo que respondo.

De todo modo, trazido a debate um denominado princípio da liberdade de trabalho, não vejo como o mesmo fica afectado com a proibição das cedências nos termos da norma da LPFP. Tal princípio funicona, em pleno, no momento em que os clubes que querem ser cedentes contratam os jogadores. A partir daí, com aliberdade deaceso ao trabalho assegurada, não vejo como a proibição da cedência, como configurada, ofende tal princípio. Se os clubes os contratam, porque não ficam com eles?
Obrigado
José Manuel meirim


De Rui Gomes a 22 de Julho de 2012 às 14:59
Caro dr. José Manuel Meirim,

Agradeço, desde já, a gentileza do seu comentário ao qual eu tenho intenção de responder através de um outro post, sobre a mesma temática. Não deixo de admitir alguma reserva no processo, porque a invisibilidade electrónica permite acesso a leitores «mascarados».

Cumprimentos

Rui Gomes


De Rui Gomes a 22 de Julho de 2012 às 18:22
P.S. Refiro-o ao novo texto que escrevi sobre esta temática, através do qual respondo ao seu comentário.

Cumprimentos


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Jogo de apresentação aos ...

Aves e Ave

Porta giratória

Verdadeiros adeptos somos...

Os nossos comentadores me...

Palmarés leonino (44)

Chavões da bola (122)

O Eng. Dias, o Dr. Zacari...

Os nossos comentadores me...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

balanço

jorge jesus

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

godinho lopes

futebol

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

sportinguismo

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds