19 Jul 12

Época 1990-91: pela mão de Sousa Cintra chega ao Sporting Clube de Portugal, proveniente do FC Etar Veliko Tarnovo, um jogador de futebol pouco conhecido, com a “etiqueta” de extremo.  Krasimir Genchev Balakov.

Lançado a 12 de Janeiro de 1991, por Marinho Peres, diante do Penafiel, não mais parou de crescer este esquerdino que se tornou num dos melhores estrangeiros de sempre a jogar no campeonato português.

Foram cinco épocas a admirar este colossal jogador búlgaro de verde e branco vestido.

 

De extremo promissor, mas desconhecido, rapidamente chegou a patrão da equipa de futebol do Sporting, numa fase em que sobravam grandes jogadores no plantel do nosso clube, apenas faltavam títulos. E sorte. E mais alguma coisa.

168 jogos, 59 golos, alguns deles inesquecíveis, muitos decisivos. Uma ilustre carreira pela selecção búlgara, com um 4º lugar no Mundial dos EUA.

Podia falar das oito épocas que depois jogou, em grande nível, no Estugarda, como um dos grandes centro-campistas da Bundesliga, numa melhores fases de sempre desse clube alemão, mas não vou. 

 

A despedida de Balakov, com o único título que conquistou ao serviço do SCP, no Jamor, na final da Taça de 1994, contra o Marítimo, nunca me “passou” bem pelo “gorgomilo”.

Tal como a saída de Robson e a entrada de Carlos Queirós, tal como a gestão de balneário e de renovações de contrato que levaram (também) às saídas de Figo e Peixe, também a saída “demasiado cedo” de Balakov marca “esses tempos”.

Tempos em que sobravam enormes jogadores, tanto quanto sobravam o desperdício e o disparate, o azar e os campos inclinados…

 

Prefiro relembrar que Krassimir Balakov era dotado de técnica extraordinária, com soberba visão de jogo, assumindo, de forma tão natural, a liderança da equipa, sempre a desequilibrar os pratos da balança, sendo frequentemente decisivo. Que saudades!

Prefiro recordar o golo ao Vitória de Setúbal em que finta cinco jogadores desde o meio campo, o golo aos 20 segundos do dérbi com o clube de Carnide, o chapéu “brutal” a Michel Preud’Homme. Divino. Inesquecível. Arrepiante.

 

O melhor que posso deixar neste (muito modesto) texto é dizer que amar o Sporting é algo que sinto desde que tenho recordação de “ser gente”. Amor, simples e complexo, sem tréguas e sem fazer prisioneiros, amor incondicional, total.

A Paixão pelo futebol, pela arte, pelo espectáculo, foi Krassimir Balakov que me mostrou o caminho, a mim, um pobre pecador que “cirandava” pelo Andebol, pelo Hóquei em Patins e pelo Rugby... Obrigado, Bala!

 


comentar
4 comentários:
De Luís de Aguiar Fernandes a 19 de Julho de 2012 às 03:14
Quando tive de escrever esta série, pensei no Balakov, mas optei pelo Acosta. Mas ainda bem que alguém se debruçou sobre o búlgaro, um jogador elegante e que tornava o jogo mais bonito quando a bola lhes chegava às chuteiras. Um senhor!


De Pedro Oliveira a 19 de Julho de 2012 às 07:08
Vejo estas imagens, recordo Balakov, Paulo Torres, Stanislaus Valckx, Filipe e tantos outros jogadores de qualidade que passaram pelo Sporting nesses anos e penso o que teria sido de Robson tivesse continuado, Robson e o nosso grande Manuel Fernandes (e o tradutor a colocar pinos e a tirar notas).


De Pedro Correia a 20 de Julho de 2012 às 15:08
Boa e merecida evocação, Paulo.


De Fernando Albuquerque a 22 de Julho de 2012 às 12:39
Parabéns pela sua escolha. Este extraordinário jogador faz parte da elite estrangeira que jogaram no SCP . SEMINÁRIO, YAZALDE , BALAKOV , KEITA , AMUNIKE , LUIZINHO.MARCO AURÉLIO, GEO , FERNANDO,JARDEL
FAUSTINO, JULIUS , ANDRÉ CRUZ, VALCKX etc. etc.
As transferencias destes jogadores aos preços correntes, pagavam a divida do SCP e ainda sobrava dinheiro. Alguns foram campeões outros o sistema ainda hoje implantado não os deixaram ter essa honra.

Saudações leoninas Fernando Albuquerque


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Coragem

Cada vez mais lido

O ódio criminoso

Os nossos comentadores me...

Youth think red

Minuto de Silêncio em Alv...

A cartilha

188 visualizações por hor...

Caiu-lhe de vez a máscara

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

slb

campeonato

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

eleições

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

golos

árbitros

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds