Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O que dizem eles

 

«O Benfica fez um recurso dessa decisão (empréstimos) e como director e ex-jogador considero que vai prejudicar o jogador português. Os que saem dos juniores ou das equipas B, com essa lei, terão que ir para a segunda divisão ou para o estrageiro para continuarem a sua evolução. Vamos ser obrigados a enviar jogadores para o estrangeiro. Faz-me confusão que clubes que recebem jogadores emprestados tenham decidido aprovar esta decisão, que parece descabida».

 -    Rui Costa    -

 

Observação: Alguns homens do futebol português são difíceis de compreender (ou talvez não). O regulamento a proibir o empréstimo de jogadores, dentro do mesmo escalão competitivo, foi aprovado por uma larga maioria na Assembleia Geral da Liga. Entretanto, surgem os do contra a fazer campanha pública. Começou por Antero Henriques do FC Porto, seguido, incrivelmente, pelo próprio presidente da Liga e, mais recente, entre outros, por Rui Costa - director (sem pasta) do Benfica. Queixa-se ele que o regulamento vai prejudicar o jogador português, nomeadamente os juniores e os das equipa B. Vejamos o cenário do Benfica durante a época de 2011-12: no total, teve 39 jogadores emprestados: 12 na Liga Zon Sagres, 5 na Liga Orangina, 2 na III Divisão e os restantes 20 no estrangeiro. Dos 12 na primeira liga portuguesa, apenas 4 são portugueses, enquanto que os restantes 8 são oriundos do Brasil, Suécia, Uruguai, Paraguai, Eslovénia, Argentina e Cabo Verde. Quanto aos juniores, verifica-se que o único jogador português formado no Benfica e emprestado na Liga foi David Simão. Fábio Faria, Nuno Coelho e Rúben Amorim não foram. No aparente plantel principal de 27 jogadores, constam apenas 8 portugueses, entre os quais Carlos Martins cujo futuro provavelmente não passará pela Luz, três recém-chegados que é de prever irão para a equipa B e,  entre os mais em destaque, Nélson Oliveira, Yannick Djaló e Miguel Vítor que, em princípio, não serão titulares. Em soma, no total de 66 jogadores filiados, o Benfica regista apenas 18 portugueses. Perante isto, é justo perguntar qual é a verdadeira essência da oposição de Rui Costa e do Benfica ao regulamento dos empréstimos, uma vez que é por de mais óbvio que o jogador português não é.

22 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D