05 Jul 12

No princípio era Scolari. Já o seleccionador brasileiro que conduziu Portugal a vice-campeão europeu e ao quarto lugar no Campeonato do Mundo se havia retirado um ano atrás e ainda Rui Santos lhe apontava o dedo acusador em Setembro de 2009. Era a melhor maneira de afastar responsabilidades do seu amigo Carlos Queiroz, que conduzia rapidamente a selecção nacional ao descalabro. Sem vencer um só jogo em casa na atribulada campanha para a qualificação do Mundial de 2010, com opções tácticas que ninguém entendia, sem controlo no balneário, Queiroz andava à deriva. Mas o amigo comentador, sem o beliscar, limitava-se a chutar para trás: «Quando Scolari abandonou Portugal os sintomas de uma certa degradação qualitativa eram evidentes.»

 

Depois de uma lamentável presença na África do Sul da qual excluiu o sportinguista João Moutinho, com a selecção portuguesa sem marcar em três dos quatros jogos disputados, Queiroz iniciou da pior maneira a campanha para o Euro 2012. Com um empate em casa (4-4) com o modestíssimo Chipre, em Guimarães, a que assistiram só nove mil pessoas. Soaram as campainhas de alarme: após a euforia da era Scolari, os portugueses estavam divorciados da selecção.

 

E Rui Santos, criticava enfim o seleccionador? Nada disso: «Temos que responsabilizar os jogadores», acusou. E aproveitava até esta derrota para lançar o nome de Queiroz como futuro presidente da Federação Portuguesa de Futebol. Porquê? «Carlos Queiroz pensa o futebol, em termos de organização, como poucos em Portugal.» Nunca o Tempo Extra foi tão extraordinário.

 

A campanha prosseguiu da pior maneira, com uma derrota na Noruega. Cinco pontos perdidos nos primeiros dois jogos, três anúncios de retirada precoce da selecção: Deco, Paulo Ferreira e Simão Sabrosa haviam anunciado que não voltariam a vestir a camisola das quinas. Eduardo, o guarda-redes titular, parecia uma sombra de si mesmo. Nani fora afectado por uma estranha lesão, nunca bem explicada. E Cristiano Ronaldo, sem esconder a desmotivação, causara alguns desmaios no clube de fãs do seleccionador com uma frase letal: «Perguntem ao Queiroz.» Queria dizer: perguntem-lhe pelas derrotas, claro. Só Rui Santos não perguntou.

 

Acossado, o seleccionador sacudia a água do capote: «Tendo em conta a estrutura amadora da Federação, as coisas correram muito bem [na África do Sul]», disparou Queiroz. Era a versão que lhe convinha. Mas não pegou.

 

O desnorte do seleccionador era tanto que chegou a dizer isto: «Portugal não merece ganhar um campeonato do Mundo.» Uma frase impensável na boca de qualquer outro responsável do futebol nacional. Convém ter memória.

 

Imperou enfim o bom senso: Queiroz foi afastado. E Paulo Bento não tardou a ser escolhido para o seu lugar, conduzindo uma boa campanha para o Euro 2012. Tudo mudou. Logo com vitórias contra a Islândia e a Dinamarca (ambas por 3-1). O novo seleccionador reabilitou Moutinho e Carlos Martins, convocou João Pereira, recuperou Cristiano, Nani e Postiga. Os portugueses aplaudiam.

 

Voltámos a ter selecção nesse mês de Outubro de 2010. Ronaldo falava por todos os jogadores ao dizer isto: «Tem sido bom trabalhar com Paulo Bento e isso reflecte-se no campo." Percebia-se bem.

 

Todos com Paulo Bento? Não. Havia quem lamentasse a saída de Queiroz. Quem? O mesmo que tempos antes, quando Portugal sofreu uma humilhante derrota frente ao Brasil, fechava os olhos a todas as evidências continuando a enaltecer o seleccionador amigo. Com frases assim: "Eu não duvido nunca das capacidades de Carlos Queiroz"; "Carlos Queiroz faz muita falta ao futebol português"; "É um treinador necessário a qualquer federação de futebol do mundo." Quase a roçar a idolatria.

 

Quem então falava deste modo, abdicando do espírito crítico, hoje diz coisas como estas: «Paulo Bento tem um modelo de jogo muito conservador»; «Esta selecção não é a única do futebol português»; «Nós não ganhámos nada. Se o Paulo Bento pensa que o futebol começou com ele, está muito enganado».

Em termos de coerência ficamos definitivamente conversados.


comentar
12 comentários:
De Alexandre Poço a 5 de Julho de 2012 às 20:56
Rui Santos, um génio do futebol.

Aconselho este vídeo.
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=b_D-BGMlCMk

SL


De Pedro Correia a 5 de Julho de 2012 às 23:45
Esse vídeo passará por cá dentro de poucas horas, Alexandre.


De Jose Manuel Barroso a 5 de Julho de 2012 às 21:25
Excelente radiografia, Pedro! Excelente desmitificação deum dos mais imbecis comentadores da televisão portuguesa e da SIC Notícias, em particular. Um pensamento de merda, a demonstrar que a merda é vendida e se vende mesmo. E se prostitue, também.


De Outside a 5 de Julho de 2012 às 21:34
Por vezes, infelizmente demasiadas vezes presentemente e não só desportivamente, há que adjectivar devidamente certas pessoas/estórias, apesar do odor.


De Pedro Correia a 5 de Julho de 2012 às 23:48
Dois pesos, duas medidas. De forma escandalosa, Outside.


De Pedro Correia a 5 de Julho de 2012 às 23:47
Exerci o direito à indignação perante tanta desonestidade intelectual. Tanta que já transborda.


De Fernando Albuquerque a 6 de Julho de 2012 às 08:19
Como sabe existe trampa que serve para fertilizar as terras e que é vendida por bom preço. Não é o caso deste tipo de fertilizante que não serve para as terras e que colocado no mercado só algumas pessoas o comprariam, principalmente quem ele defende com tanto ardor.

Infelizmente a nossa comunicação social está cheia de gente que para eles só existe um clube em Portugal.Eu recordo-me de haver jornalistas que não tinham nada a ver com o SCP e que eram isentos e respeitavam o nosso clube como uma instituição que sempre prestou bons serviços ao seu País, dando-lhe muitas alegrias,e que infelizmente se esqueceram desses atletas. Por exemplo no tempo do J.Agostinho quando ele corria a volta à França o jornal dos vermelhos esgotava edições. . Hoje andam dois atletas de Portugal nessa volta e na NET pouco falam neles.

Estou com ansiedade de assistir ao programa TRIO DE ATAQUE, onde vamos ter o nosso conhecido Goubert tendo sido corrido o anterior comentador, pessoa que me merece toda a consideração, pela forma como se expressava onde não notei qualquer
falta de respeito pelo nosso clube. É uma vergonha o que fizeram ao Dr. Machado Vaz.

Saudações leoninas Fernando Albuquerque


De Pedro Correia a 6 de Julho de 2012 às 13:02
Saudações leoninas, Fernando.


De Rui Gomes a 5 de Julho de 2012 às 22:37
Quando chegar ao fim do último relatório, o homem já não terá cabelo !...Bom trabalho Pedro.


De Pedro Correia a 5 de Julho de 2012 às 23:48
Termina já amanhã, Rui. Mas mal a nova época comece este tema voltará à baila, tenho a certeza.


De João Severino a 6 de Julho de 2012 às 14:52
Para mim o 'cabo raso' dos treinadores de bancada virou comentartista (não é lapso)...


De Pedro Correia a 7 de Julho de 2012 às 01:51
Tanta rábula para um comentartista só...


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Dois de quatro

Fotocópia autenticada

Cães e pulgas

Balanço (35)

Palmarés leonino (41)

Palmarés leonino (40)

Palmarés leonino (39)

O polvo encarnado (4)

Os nossos comentadores me...

Balanço (34)

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds