Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os resultados negativos do futebol


A SAD do Sporting comunicou à CMVM os números relativos ao terceiro trimeste do actual exercício, o período compreendido entre 1 de Julho de 2011 e 31 de Março de 2012, com um resultado líquido negativo de 30,9 milhões de euros. O balanço das contas é explicado pela evolução negativa das rubricas «Pessoal» e «Custos/Proveitos com Transacções e Passes de Jogadores». O passivo da SAD é presentemente 206,7 milhões. A SAD do FC Porto seguiu o mesmo curso e apresenta igualmente um resultado líquido negatiivo, referente ao mesmo período, de 22,139 milhões de euros. O respectivo passivo é agora 214,2 milhões. Quanto ao Benfica, se enviou semelhante comunicado à CMVM não terá sido ainda divulgado, algo que até não é de estranhar, uma vez que a comunicação social usualmente desdobra-se no sentido de minimizar a exposição pública das contas do clube do outro lado da 2.ª circular. De qualquer modo, a julgar pela contabilidade artística relativa à venda de Roberto por 8,6 milhões, é de esperar que um saldo positivo seja eventualmente anunciado. Este aparato não se evidencia com as contas do Sporting, uma vez que todos sítios noticiosos dão destaque primacial à ocorrência e, para satisfazer a conveniência, em simultâneo, os milhões que o clube da Luz anda a gastar na compra de activos. Os números são significativos no contexto de Portugal, mas são muito inferiores aos que foram apresentados pelos clubes da «Premier League», em que existe um negativo colectivo em excesso de 500 milhões de euros. 

Adenda: Fui entretanto informado por um leitor que a Benfica SAD enviou o seu comunicado à CMVM no dia 18 de Maio. Talvez pelo pouco destaque que é dado nos espaços noticiosos e pelo formato do mesmo, não verifiquei essa ocorrência. De qualquer modo, o escrito indica uma redução nos lucros de pouco mais de 2 milhões, um resultado operacional consolidado de 10,7 milhões, que representa um crescimento de 230% face aos 3,2 milhões alcançados no período comparativo do exercício anterior e, finalmente, no fim do texto, está indicado um resultado liquido negativo de 12,1 milhões. O passivo é de 400 milhões, colocando o total para os três «grandes» em 821 milhões de euros.

10 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D