21 Mai 12
Imperador Polga
Alexandre Poço

Não haverá sportinguista algum espalhado pelos quatros cantos da Terra que não tenha, pelo menos por uma vez, criticado (para não dizer insultado) Anderson Polga. É humanamente impossível. Se houver, entre em contacto comigo, pois tenho de lhe perguntar onde vai buscar tanta calma, ponderação e paciência. Porém, apesar de Polga ter um íman que o liga, invariavelmente, a golos adversários, ele suscita em nós sentimentos contraditórios. Em Alvalade, já o critiquei de pé e já o aplaudi de pé. Em casa, ainda bem que existe um ecrã que nos separa. E isto configura claramente uma característica tipicamente “polguiana” – estar no céu e no inferno, no melhor e no pior. E por vezes, no mesmo jogo.

 

Ora, faço este texto a propósito da sua provável saída do Sporting ao fim de 9 épocas de Leão ao peito. É muito tempo, muitos jogos, muitas vitórias, derrotas, alegrias e dissabores. E talvez também por isso, não o deixamos ir – falo por mim – de ânimo leve. Porque é característica dos adeptos deste grande clube não tratar mal quem opta por ficar tanto tempo para servir o Sporting. Quer se goste quer não, ele foi (e ainda é) o patrão da nossa defesa e é estranho, ao fim de tantos anos, pensar no sector ofensivo sem o número 4 lá atrás.

 

Quando chegou, vinha rotulado de campeão. O “1º campeão do mundo a jogar em Portugal”. As esperanças eram muitas e Polga, então de cabelo comprido, mais magro e obviamente, muito mais novo, prometia. Com o passar do tempo, passámos a habituar-nos a algo que o caracteriza e que já dei conta lá em cima: a irregularidade. Polga já fez épocas muito boas no Sporting: foi o caso dos dois primeiros anos de Paulo Bento, com Tonel ao lado, e épocas para esquecer, como a de 2009/2010. Quantas vezes já não vibrámos com um corte in extremis ou vociferámos por uma bola que passa por baixo do corpo de Polga e acaba no fundo da nossa baliza? É este o Polga que conheço, o irregular, um central que está sempre na corda-bamba, mas que acaba por ficar, ano após ano, treinador após treinador.

 

Sinceramente, admito que não ficava triste se o Sporting renovasse contrato com Polga, pois mesmo que deixe de ser opção para jogar sempre a titular, poderá ser um jogador importante para o balneário, para ensinar aos mais novos o que é jogar de verde de branco. Seria um novo Tiago, mas sem luvas. E os clubes também precisam de anciãos para ter sucesso.

 

Como disse há uns tempos, nos últimos meses passei a chamar-lhe de “Imperador Polga”. Sim, é forte, eu sei. Mas Polga merece pela entrega ao clube e por tudo o que já passou em Alvalade e acredito que não terão sido fáceis alguns momentos. Quer fique quer vá, não será esquecido tão brevemente. Como todos os imperadores, Polga cometeu os seus erros, mas também faz as suas proezas. E para mim, destaco uma: Anderson Polga nunca marcou um único golo numa competição oficial em Portugal e os únicos dois tentos que apontou ao serviço do Sporting foram na milionária Liga dos Campeões, em 2007-2008, das duas vezes em que defrontámos o Dínamo de Kiev. Um golo na Ucrânia e outro em Alvalade. Também por isto, Polga é especial. 

Tags:

comentar
6 comentários:
De Filipe Moura a 21 de Maio de 2012 às 20:23
Hoje estou a comentar toda a gente...
Também gostaria que o Polga ficasse, se baixasse drasticamente o salário (coisa em que o Gilmar Veloz não deve ir) e admitisse que já não é titular (o Xandão, que eu gostava que ficasse, é muito melhor). O Polga gosta do Sporting. É dos nossos. Mas só naquelas condições.


De Outside a 21 de Maio de 2012 às 20:54
Subscrevo na íntegra.

Merecido post e sincero texto.

Fique bem.

Saudações leoninas


De Rui Gomes a 21 de Maio de 2012 às 21:24
Pensei nisto Alexandre, precisamente quando ele se preparou para marcar aquele livre fontal à baliza. E disse para os meus botões: «Será que ele vai fazer história no último dia da sua vida com o leão ao peito »?...Não aconteceu, é pena.


De Pedro Correia a 21 de Maio de 2012 às 22:27
Grande 'post', Alexandre. Uma das melhores análises que já li sobre o Polga. Justa, serena e objectiva, sem deixar de ter um ponto de vista, que aliás subscrevo. Tal como subscrevo a conclusão. Também gostaria de ver o Polga continuar no nosso clube.


De Marcelo Silva a 21 de Maio de 2012 às 23:40
Caríssimo Alexandre,

Admitindo o Sportinguismo de Polga, não chega para continuar na equipa. Um jogador que foi muito, mas mesmo muito irregular ao longo destes anos. E dizer que ' faz ' bom balneário, não será a maior das verdades.
Aquele livre não daria golo, porque Polga é simplesmente um ' pé frio '.
Por mim, já teria ido há mais tempo, mas é uma opinião, admitindo que a sua e dos restantes até é mais justa para ele. Eu, não gosto muito. Mas também não é de agora.

SL
Marcelo Silva
Porta 10A


De Jose Manuel Barroso a 21 de Maio de 2012 às 23:56
De acordo, caro Alexandre. E o Polga este ano foi excelente, o esteio e o equilibrador da defesa, uma das almas da equipa. Imagino a sua tristeza, no domingo, por não poder levantar a Taça. Se sair, merece sair pela porta grande. E uma homenagem, no momento certo. Se ficar, terá um papel importante no plantel, mesmo que não seja titular indiscutível. E atenção: o Xandão AINDA não é melhor que o Polga. Mas está na fila de espera. Em primeiro lugar.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Palmarés leonino (40)

Palmarés leonino (39)

O polvo encarnado (4)

Os nossos comentadores me...

Balanço (34)

Pontapé de saída

Palmarés leonino (38)

Memória de peixe outra ve...

O polvo encarnado (3)

Os nossos comentadores me...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds