Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Eu sou tão estúpido

 

Não mintas, olha que corres o risco de dizer a verdade. Aquilo dito assim, dito por um velho robalo, até tinha a sua piada, mas não se podia pedir a um parvo como eu que o levasse a sério. Eu tinha visto uma coisa que julgava impossível: um árbitro internacional marcar um pénalty favorável ao Sporting e deixar por marcar uma bola no braço do Xandão. É pá, era dose para um peixe conservador como eu, que considerava o caviar um aborto. Eu, já agora, feio como sou, preocupo-me basicamente com o sexo. Ou melhor, não propriamente com o acto sexual de tão feio que sou, mas com a necessidade de saber encontrar óvulos e fecundá-los sem lhes tocar. Isto não é tão parvo como parece. Significa que a natureza prefere enganar-se por excesso e não por defeito, mas, se isto for verdade, continuando a ser estúpido, admito que sim, então porque é que o árbitro internacional Carlos Xistra deixou a bolada no Xandão passar, correndo o risco de deixar o Sporting ganhar? Foi aqui que me lembrei de um primo afastado, conhecido não apenas por ter fertilizado uns bons milhares de óvulos inexistentes, como até chegou ao ponto de lhes dar nome um por um, tendo depois sido visto por todos nós a passeá-los pelo oceano. O que está ainda por me entrar na cabeça é este “dimorfismo arbitral”, aquela coisa do árbitro internacional Carlos Xistra deixar por marcar um pénalty que o árbitro internacional Bruno Paixão teria assinalado não uma, mas duas vezes ou mesmo três vezes seguidas, tal a sua convicção. Vou calar-me e seguir um segundo e sábio conselho do velho robalo. Nunca digas: cuidado, é uma isca! Tenta antes fazer um novo amigo.

 

2 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D