Terça-feira, 31 de Maio de 2016
Foice em seara alheia
Edmundo Gonçalves

Em regra não convém a sapateiros tocar rabecão.

Ainda assim, vou aventurar-me por um metier que não domino, a comunicação, a propósito da nomeação de um novo director, Nuno Saraiva de seu nome.

Confesso que não conheço a pessoa, mas a relevância do facto é secundária. Sei é que tenho sentido falta de uma atitude proactiva por parte do Clube nos media e que tenho visto um desgaste da imagem de pessoas que deveriam preocupar-se com outros assuntos e têm canalizado parte do seu esforço para colmatar a falta a que me refiro. Neste lote estão o presidente e o treinador, sem sombra de dúvida.

Como leigo na matéria, espero, desejo, que desta vez se acerte, salvo seja, no cavalo certo.


comentar ver comentários (14)

220510_matraquilhos_marim[1].jpg

 


comentar ver comentários (36)

«O anão não estava a vomitar, estava sim no sofá a sorrir imenso e a comer batatinhas (anúncio Lays patrocinador LC), quiçá com dificuldades em engolir a "batata" que CR7 enfiou nas redes adversárias que garantiu não só uma Liga dos Campeões como provavelmente vantagem para a Bola de Ouro.»

M. Santos, neste postal da Paula Caeiro Varela


comentar ver comentários (2)
Balanço (11)
Pedro Correia

ng3889614[1].jpg

 

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre JEFFERSON:

 

- Edmundo Gonçalves: «Vencedor do prémio "acertar com o guarda-redes contrário". Cada tiro, cada melro, cada centro, cada "acertadela" no guarda-redes russo. Foi obra! E continuo com a minha de que é culpa dele o primeiro golo: ficou nas covas.» (18 de Setembro)

- Duarte Fonseca: «Já estava na hora de Jefferson acordar para esta época. Bem sei que assimilar princípios defensivos aos 27 anos não é fácil, sobretudo para quem tinha muito pouca noção de posicionamento, mas a verdade é que tem que render muito mais.» (22 de Setembro)

- Eu: «Quatro assistências para golo em nove jogos da Liga 2015/16. Isto diz tudo sobre o valor do nosso lateral esquerdo, a primeira contratação da era Bruno de Carvalho.» (4 de Novembro)


comentar ver comentários (10)
Segunda-feira, 30 de Maio de 2016

O defesa esquerdo Raphael Guerreiro, apenas com seis internacionalizações, já marcou dois golos pela selecção. Tantos como o ponta-de-lança Éder, que já vai na 24.ª internacionalização. As coisas são o que são.


comentar ver comentários (10)
Balanço (10)
Pedro Correia

ng5242129[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre TOBIAS FIGUEIREDO:

 

- Edmundo Gonçalves: «Demonstrou claramente que não é (ainda?) deste campeonato. Demonstrou contudo uma enorme visão "ao longe". Marcou sempre os adversários "à vista", o que lhe rendeu dois golos consentidos infantilmente. Da única vez que marcou em cima, entrou a pés juntos sobre um adversário. Amarelo alaranjado. Sem querer ser duro ou injusto na apreciação, depois de ter visto a equipa B na quarta-feira, sugiro um empréstimo em Janeiro (a equipa B está bem servida e Tobias está já noutro patamar).» (18 de Setembro)

- Eu: «Esforçado. Não fez esquecer o lesionado Paulo Oliveira, mas assumiu uma parceria equilibrada com Naldo. Saltou mal no lance do golo minhoto.» (4 de Outubro)


comentar ver comentários (6)

Foi quando estiveram Adrien, João Mário e William Carvalho juntos em campo. Adrien protagonizando a jogada de livre que proporcionou o segundo golo e João Mário fazendo a assistência para o terceiro.

Resultado: Portugal, 3 - Noruega, 0. Com a equipa das quinas a jogar de verde.


comentar ver comentários (34)
Domingo, 29 de Maio de 2016

Enquanto uns vão discutindo o que quer dizer ser a maior potência desportiva nacional, continuam a chegar a Alvalade títulos europeus nas modalidades.


comentar ver comentários (1)

Com o meio campo do Sporting em campo, Portugal matou o jogo com dois golos.

 


comentar ver comentários (7)
Fazia hoje 70 anos
Francisco Chaveiro Reis

13335778_10154117379238805_3093847654480509987_n.j

 


comentar ver comentários (5)
O momento decisivo
Pedro Correia

cristianoronaldo-cropped_1cm7klyh6t0ld1pmi5fdqn8vb

 

Outros dirão, naquele jargão cultivado com tanto esmero pelos especialistas da bola, que Ronaldo "passou ao lado de uma grande partida" e "estava lá mas era como se não estivesse".

Não acreditem.

Ontem à noite, na final da Liga dos Campeões disputada em Milão entre as duas potências futebolísticas de Madrid seguida com calor e paixão nos recantos mais recônditos do planeta, o português guardou-se para o momento decisivo - aquele em que tudo se desenrola em fracções de segundos, aquele em que se comprova com inequívoco rigor quem tem fibra de campeão, aquele em que mais se exige perícia técnica servida por nervos de aço. O momento do penálti que decide um destino, que traça a linha separadora da exígua fronteira entre o sucesso e o fracasso: quem não a transpõe é humilhado na praça pública por multidões de adeptos inconformados, quem a ultrapassa ascende mais um patamar no panteão reservado aos escassos heróis contemporâneos com dimensão global.

Nesse momento decisivo ele estava lá.

Fixou a baliza adversária como se nada mais houvesse para mirar no mundo, tomou balanço, trotou resoluto para a bola e desferiu o golpe fatal com toda a convicção da sua força mental comandando a arte incomparável do seu pé direito. 

Ainda antes de centenas de milhões de gargantas gritarem a mágica palavra golo, já ela se havia tornado realidade na mente daquele homem que foi um pobre menino das ladeiras do Funchal e soube torcer as voltas à vida, construindo uma carreira milionária a pulso. A inevitável inveja alheia só lhe confere motivação acrescida. Porque ele parte sempre à conquista de um novo troféu como se fosse o primeiro que ganha.

É isto que conta: nunca falhar no momento decisivo. Quem ignora que o futebol é uma metáfora do percurso humano tem muito a aprender com Cristiano Ronaldo.

 

Também aqui


comentar ver comentários (36)
Balanço (9)
Pedro Correia

rubensemedo4[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre RÚBEN SEMEDO:

 

- José Navarro de Andrade: «O jogo de apresentação é o mais leve e esperançoso do ano. Por uma vez, não subimos ao estádio para sofrer o resultado, mas para apreciar as promessas reservadas pelos jogadores que trazem um número novo nas costas da camisola – quem é aquele espigado com o nº 20 do Quaresma? É o Bryan Ruiz; e aquele de rabo-de-cavalo cheio de peitaça? Ruben Semedo.» (4 de Agosto) 

- Eu: «Intransponível. Seguro nos cortes, colocando a bola sempre bem direccionada no início do processo ofensivo, actuou de modo irrepreensivel no lugar do lesionado Paulo Oliveira.» (13 de Fevereiro)

- José da Xã: «Sei que vieram Bruno César, Coates e Zeegelaar, tendo também regressado Rúben Semedo. Mas todos eles insuficientes para as reais aspirações do Sporting.» (16 de Maio)


comentar
Sábado, 28 de Maio de 2016
Comandante
Paula Caeiro Varela

fotografia.JPG

 

Siiiiiiiiii! 💚

 

(Messi deve estar a vomitar, Blatter à espera da ordem de prisão)


comentar ver comentários (7)

 

Champions-League-Final[1].jpg

 

Que português conseguirá inscrever o seu nome na galeria de vencedores da Liga dos Campeões 2015/16? Cristiano Ronaldo ou Tiago?

Logo, a partir das 19.45, o planeta futebol tem capital em Milão: vai lá disputar-se a final da Champions, com 80 mil pessoas nas bancadas de  San Siro e centenas de milhões a acompanhar em casa este novo embate entre os gigantes madrilenos Atlético e Real, que se defrontam desde 1929.

Por quem torcem vocês?


comentar ver comentários (16)

«O Soares Dias é mais um da mesma linha. O Sporting-Benfica foi a demonstração disso mesmo: permitiu todo o anti-jogo benfiquista, especialmente do R. Sanches e do Eliseu, deixando o primeiro em campo com uma série de faltas violentas no cadastro e o Ruiz por pouco com uma perna partida. No Porto-Sporting foi comido pelo quarto árbitro no pseudo-penálti e compensou com o fecho de olhos à falta do Coates.»

SportingSempre, neste meu texto


comentar ver comentários (2)
Balanço (8)
Pedro Correia

cropped_GettyImages-513927820[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre COATES:

 

- Francisco Chaveiro Reis: «Agastado com o uso prolongado de vermelho no Liverpool e com o facto de jogar em casa num Stadium of Light, Coates deve estrear-se hoje com a camisola 13 (número do azar aqui é o 7, nada temam!) do Sporting. Com claro sucesso com o branco do Nacional e com o celeste do Uruguai, está visto que foi o tom avermelhado das indumentárias inglesas que lhe toldou a sorte. Alto, forte, experiente mas com muito a provar na Europa, quer parecer-me que temos ali homem para acabar com as vias… verdes da nossa defesa.» (8 de Fevereiro) 

- Eu: «Parece sentir-se muito à-vontade como patrão da defesa leonina. Atento, concentrado, fazendo bom uso da sua elevada estatura (1,96m). Foi decisivo ao cabecear no lance do primeiro golo, dando até a sensação de ter sido ele a marcar.» (19 de Março)

- José da Xã: «Sei que vieram Bruno César, Coates e Zeegelaar, tendo também regressado Rúben Semedo. Mas todos eles insuficientes para as reais aspirações do Sporting.» (16 de Maio)


comentar ver comentários (4)
Sexta-feira, 27 de Maio de 2016

comentar ver comentários (10)
Só para dizer que ...
Francisco Vasconcelos

Paulo Pereira Cristóvão só em indemnizações vai ter de pagar 57500€. Ah e já agora, o Sporting foi ilibado. Qual vai ser, agora, a conversa da malta do colinho?


comentar ver comentários (16)
O crime não compensa
Edmundo Gonçalves

Defendemos aqui claramente que a posição enquanto sportinguistas ( e cidadãos ) não passa por vencer a qualquer preço.

Condenamos aqui todas as tramóias de que vamos tendo conhecimento, tendentes a falsear a verdade desportiva em concreto e a justiça, de um modo geral.

Seguindo esse princípio, estive sempre do lado dos que condenaram a acção, agora provada em tribunal, de Paulo Pereira Cristóvão, que o levou a uma condenação pesada e a pagar uma indemnização considerável aos ofendidos.

O sentimento dos verdadeiros sportinguistas não passa por actos deste tipo. Se é verdade que por vezes, perante enormes injustiças de que temos sido alvo, o que nos apetece, num repente, é utilizar as mesmas armas que o "inimigo" (adversário, obviamente), o bom senso e o sentido do decoro, da justiça e do cumprimento da Lei, devem nortear sempre a nossa forma de estar no desporto: De cabeça levantada.

Não vale tudo.


comentar ver comentários (14)
Acosta 15 anos depois
Francisco Chaveiro Reis

beto-acosta.jpg

Beto Acosta chegou ao Sporting em dezembro de 1998. Jogava com a camisola 27 e só fez 3 golos em meia época. Não convenceu mas ficou. Já com a camisola 11 e completamente adaptado, tornou-se no goleador da equipa (era ver Schmeichel a procura-lo com os seus lançamento longos). Foi campeão em 1999-2000 e marcou 48 golos de verde e branco. A 27 de maio de 2001 (1-0 ao Marítimo) fez o seu último jogo pelo Sporting. Faz hoje 15 anos. De quando em vez vem a Lisboa onde nunca foi esquecido. Obrigado, Matador!


comentar ver comentários (3)

comentar ver comentários (8)
Leoas às sextas
Pedro Correia

img_806x579$2015_03_04_13_29_39_96732[1].jpg

 

LILIANA SANTOS

"Aconteça o que acontecer, vou estar sempre a apoiar o Sporting."

(Record, 31 de Agosto de 2013)

Tags:

comentar ver comentários (8)
Balanço (7)
Pedro Correia

img_770x433$2016_02_05_18_12_54_1060826[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre EWERTON:

 

- Edmundo Gonçalves: «Que dizer de um central que anda a passo, não faz um passe de jeito e que cada vez que a bola vai na sua direcção toda a equipa treme?» (16 de Janeiro)

- Eu: «Foi duas vezes à frente com vontade de marcar. À terceira resultou: grande desmarcação do nosso central, elevando-se ao primeiro poste e dando a melhor direcção ao canto marcado por Bryan Ruiz. Foi o primeiro golo do Sporting nesta partida e também o primeiro golo de Ewerton neste campeonato. Além disso teve um desempenho impecável na defesa, onde esteve sempre muito atento.» (22 de Fevereiro)


comentar ver comentários (5)
Quinta-feira, 26 de Maio de 2016
Lagarto, lagarto...
Pedro Correia

19209194_Sf7RN[1].jpg

 

Felizmente em matéria de transferências de jogadores, seja no Verão seja no Inverno, o jornal A Bola falha muito mais do que acerta. Depois de tudo quanto (não) vimos de Marega no Dragão, se esta manchete de Janeiro fosse verdadeira o barrete não teria sido enfiado pelo FCP mas pelo Sporting. Lagarto, lagarto...


comentar ver comentários (8)
Dilemas
Helena Ferro de Gouveia

Uma amiga comprou um bilhete para a final do Europeu de 2016. Nem queria acreditar na sua sorte. Esqueceu-se porém de um pequeno detalhe. Tem casamento marcado para 10 de Julho e pediu ajuda aos amigos. Alguém por aí quer casar?

Tags:

comentar ver comentários (7)
Balanço (6)
Pedro Correia

Naldo[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre NALDO:

 

- José da Xã: «De todos os jogadores que passaram pelo relvado sofrível de Alvalade (parece um problema sem solução!!!) gostei muito de ver Naldo. Parece-me ser um jogador à dimensão do Sporting. Lembrou-me por diversas vezes um tal imperador da defesa leonina de nome Marco Aurélio.» (3 de Agosto)

- Edmundo Gonçalves: «Ontem Naldo teve que jogar por dois e se ele tem sido bastante competente com Paulo Oliveira, sem dúvida o ás de trunfo desta defesa, não lhe podemos exigir que trabalhe por ele e pelo colega do lado [Ewerton].» (16 de Janeiro) 

- Eu: «Destaca-se mais quando tem Paulo Oliveira a seu lado no eixo defensivo. Demonstrou novamente que Jorge Jesus pode contar com ele.» (23 de Janeiro)


comentar ver comentários (12)
Quarta-feira, 25 de Maio de 2016
A culpa é do Jesus
João António

Como seria de esperar o Sporting Clube de Portugal é o clube mais representado na escolha da UEFA para o campeonato nacional. 

 


comentar ver comentários (37)

Passamos o ano, e com razão, a desancar nos árbitros. É tempo de assinalar - por uma vez ao menos - aquele que na nossa perspectiva merece o título de melhor árbito português.

Para mim é Artur Soares Dias: só espero que não o despromovam, como aconteceu a Marco Ferreira, seu antecessor a apitar a final da Taça de Portugal.

Quem elegeriam vocês?


comentar ver comentários (66)
O pirilau
Adelino Cunha

2016-05-24-PHOTO-00003905.jpg

1. Porque razão Pizzi está a segurar no pirilau?

2. Porque razão Pizzi estã a segurar o pirilau para tirar uma fotografia?

3. Para quem mandará Pizzi a fotografia do seu pirilau: João Gabriel ou Pedro Guerra?

4. Porque razão Pizzi tem o pirilau tão pequeno?

5. Está desvendado o segredo do Benfica: pequenas coisas podem produzir enormes feitos.

 

Tags:

comentar ver comentários (51)
Pavilhão João Rocha XIV
Edmundo Gonçalves

Mais uma imagem das obras do pavilhão João Rocha.

A coisa deve andar quase por meio concluída, digo eu que de construção civil não percebo um tusto.

Chamo a atenção para o facto de esta foto ter sido obtida às 15 horas e 14 minutos do dia 22 de Maio de 2016 e mais uma vez não está ninguém na obra... Continua a ser um mistério como é que aquilo avança.

 

800px-2016-05-22_-c-_Pavilhão_João_Rocha.jpg

 

Oh diabo, 22 de Maio foi no passado Domingo. Estava tudo no Jamor!

 

Como sempre, daqui.

Tags:

comentar

«A defesa do Sporting é muito completa. Os centrais (Coates e Semedo) completam-se. Um é alto e joga simples, Semedo é muito rápido (acho-o parecido com Ricardo Carvalho com a idade dele).»

Luís Moreiraneste meu texto


comentar
Balanço (5)
Pedro Correia

oliveira[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre PAULO OLIVEIRA:

 

- Edmundo Gonçalves: «É um caso esquisito de perda de eficácia. Gradual e preocupante. Órfão de Ewerton? Falta de confiança em quem está à sua frente? Aliás, mal que afecta toda a equipa, que tem vindo a descer o nível exibicional de forma preocupante.» (18 de Setembro)

- Eu: «Com Jesus, o jovem defesa minhoto consolidou a sua posição na equipa, tornando-se um dos raros imprescindíveis. Muito contribuiu para o Sporting ser hoje uma equipa menos batida do que éramos há um ano, antes de ele assumir a titularidade: temos agora sete golos sofridos no campeonato. Na Liga 2014/15, nesta mesma altura, já tínhamos sofrido doze.» (2 de Janeiro)

- João Távora: «À 15ª jornada o Sporting exibe-se no primeiro lugar da tabela classificativa com a defesa menos batida do campeonato - onde pontua uma jovem certeza que é Paulo Oliveira - um facto para relevar também à atenção do seleccionador nacional.» (3 de Janeiro)

 


comentar ver comentários (10)
Terça-feira, 24 de Maio de 2016

Com as devidas distâncias e adaptações à realidade, era isto que o Sporting defendia para a Liga e que o Benfica, vá-se lá saber porquê, furou:

"...Refira-se que todos os clubes ingleses receberam esta época 28,3 milhões de euros de parcela igual das transmissões televisivas, mais 38 milhões de euros de direitos televisivas pelos jogos que passam no estrangeiro, mais 5,8 milhões de euros de direitos comerciais. Por isso todos os clubes recebem de imediato 72,1 milhões de euros.

Depois há as variáveis, que têm que ver com o mérito (lugar na classificação) e com o números de jogos transmitidos para o Reino Unido.

Ora como o Arsenal foi o clube que teve mais jogos transmitidos no Reino Unido (27 jogos), foi o que recebeu mais. Em segundo lugar ficou o Manchester City, com 125 milhões de euros de receitas totais, e em terceiro o Manchester United, com 124 milhões de euros."

PosiçãoClube

Jogos transmitidos

Receita total

1 Leicester 15 120 milhões de euros
2 Arsenal 27 130 milhões de euros
3 Tottenham 21 123 milhões de euros
4 Manchester City 25 125 milhões de euros
5 Manchdster United                26 124 milhões de euros
6 Southampton 12 109 milhões de euros
7 West Ham 15 110 milhões de euros
8 Liverpool 23 116 milhões de euros
9 Stoke City 10 102 milhões de euros
10 Chelsea 22 112 milhões de euros
11 Everton 18 107 milhões de euros
12 Swansea 10 97 milhões de euros
13 Watford 10 96 milhões de euros
14 West Bromwich Albion 10 94 milhões de euros
15 Crystal Palace 10 93 milhões de euros
16 Bournemouth 10 90 milhões de euros
17 Sundelard 13 92 milhões de euros
18 Newcastle 16 94 milhões de euros
19 Norwich 10 86 milhões de euros
20 Aston Villa 11 86 milhões de euros

 

In Mais Futebol


comentar ver comentários (9)
O que nos faltou este ano
Francisco Chaveiro Reis

 

Tags: ,

comentar ver comentários (5)
Começa a silly season
Francisco Vasconcelos

O internacional brasileiro Sandro, jogador do Queens Park Rangers, que nesta última época jogou, por empréstimo, no West Bromwich Albion, da Primeira Liga Inglesa, veio, esta semana, a Portugal casar.

Mas para alguns orgãos de comunicação social fazerem notícia, divulgou-se que a causa da sua visita seria um possível casamento com o Sporting.

Eu pergunto-me qual será a origem de certas notícias. É que sinceramente, caso não saibam, Vanessa Miranda, a mulher do futebolista, é proveniente de Setúbal.

Para além disso, foi ainda veiculado que, para além do médio, o seu ex-colega no Tottenham, o extremo inglês Andros Townsend, estaria também em negociações com o nosso clube.

Não tenho a certeza, mas será que não veio apenas ao casamento de um amigo?


comentar ver comentários (4)
boas notícias..
Gabriel Santos

O Sporting a voltar a ser Sporting. Só fica a faltar o voleibol!

BASQUETEBOL ESTÁ DE REGRESSO AO SPORTING


comentar ver comentários (11)
140.000
Edmundo Gonçalves

Atingimos o belo número de 140 mil sócios.

Enquanto uns aumentam, outros diminuem às centenas de milhar.

Como diria um sportinguista distinto, "as coisas são o que são".

Tags:

comentar ver comentários (9)
Kill your darlings
Adelino Cunha

Rui Vitória está feito um homem. Pelo menos, visto de longe, certo, era isso que queria dizer. Disse hoje no jornal do Benfica que João Gabriel e Pedro Guerra andam a meter água: que o título resulta do seu "trabalho apuradíssimo" e não dessa coisa de terem todos "dado as mãos". Cuidado. O homem não está apenas a renegar a inspiração evangélica que sopra da catedral: está também a dizer que vai cortar menos as unhas dos pés para se sentir mais alto. Estará o lampianismo messiânico em crise de identidade?


comentar ver comentários (24)

Registo dos títulos ganhos pelos treinadores em Portugal nas últimas três temporadas:

 

Jorge Jesus: 7 (dois campeonatos, uma taça de Portugal, duas supertaças, duas taças da liga)

Rui Vitória: 2 (um campeonato, uma taça da liga)

Paulo Fonseca: 2 (uma taça de Portugal, uma supertaça)

Marco Silva: 1 (uma taça de Portugal)


comentar ver comentários (58)
Balanço (4)
Pedro Correia

schelotto6[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre SCHELOTTO:

 

- Francisco Chaveiro Reis: «Para já, Zeegelaar e Bruno César vieram somar. Schelotto nem por isso e Coates promete.» (1 de Fevereiro) 

- Eu: «Enérgico e dinâmico, agarrou a titularidade e vem aumentando a influência na equipa de jogo para jogo.» (23 de Abril)


comentar ver comentários (8)
Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

22 de Abril

Um pedido singelo

A minha visão do derby

Rescaldo do jogo de hoje

Pérolas de Ribeiro Cristó...

Viva o Benfica!

Os nossos comentadores me...

Vale tudo na boatovisão (...

Prognósticos antes do jog...

Isto ainda resulta?

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

slb

campeonato

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

eleições

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

golos

árbitros

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds