Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Aplauso!

"O Sporting Clube de Portugal tomou ontem conhecimento de vídeos que circulam na internet de incitamento à violência em contexto desportivo, cujo conteúdo e mensagens condena de forma veemente.

 

De imediato a Direcção instruiu o Departamento Jurídico para fazer uma exposição ao Ministério Público e denunciar os referidos vídeos ao YouTube, para que os mesmos fossem retirados o mais rapidamente possível. Ao dia de hoje, os mesmos já foram retirados dessa plataforma.

De seguida, o Sporting fez uma averiguação interna junto dos seus Grupos Organizados de Adeptos, estando em condições de garantir que os nossos GOA não estiveram, sob qualquer forma, associados à criação dos referidos vídeos.

Hoje, tendo conhecimento que os referidos vídeos se encontram também alojados no SAPO já foi feita, perante o mesmo, a sua denúncia.

Inicialmente, o Sporting optou por não emitir qualquer comunicado sobre este assunto, de forma a evitar dar palco a energúmenos, que não sabemos quem são, a que clubes pertencem e quais as suas verdadeiras intenções. Fazemo-lo agora, pelo facto de o assunto ter surgido na comunicação social e de o nome do Sporting estar a ser envolvido.

O Sporting não pode deixar de manifestar a sua estranheza por estes vídeos terem sido divulgados em blogues, sites e redes sociais ligados a outros clubes, que não ao Sporting ou a Sportinguistas.

Apesar da estranheza, o Sporting, como sempre, reitera a sua veemente condenação da violência e do incitamento à violência no desporto, particularmente no futebol, tendo desenvolvido, nos últimos dois anos, um profundo e consequente trabalho de pedagogia, acompanhamento e controlo efectivo dos seus Grupos Organizados de Adeptos e apresentado várias propostas para a melhoria da legislação referente a estas temáticas."

 

Não se esperaria outra coisa!

 

O maior clube de Portugal

Ainda a propósito disto e de mais qualquer coisa. Há muitas visitas aqui no blog de lampiões. O tom dos comentários que vão deixando anda sempre à volta de um ou dois temas. Um dos mais frequentes é, de cada vez que se fala do Benfica, vir para aqui dizer que os sportinguistas só sabem falar do Benfica, porque nunca se viu nada na terra como o Benfica desde as pirâmides de Gizé ou mesmo desde a invenção do pão às fatias e que só há dois clubes em Portugal: o Benfica e o anti-Benfica. Nada de surpreendente: o típico delírio benfiquista. Visito com frequência dois blogs benfiquistas. Juro que metade, se não mais, dos posts são sobre o Sporting. O tom é sempre assim a dar para o chocarreiro: no princípio desta época, por exemplo, aconselhavam-nos a não envergonhar Portugal na Europa, sobretudo com equipas alemãs. Vulgarizámos duas equipas alemãs em dois jogos enquanto eles é que envergonharam Portugal na Europa com o último lugar do grupo e um bailarico de uma equipa alemã (e outro de uma equipa russa), que só não acabou em goleada por sorte. Neste momento não percebo a origem do tom chocarreiro. Deve ser por ainda estarem na taça lucílio e por jogarem um futebol de treta que só vai à frente do campeonato graças a muito amparo do assobio.

 

Ainda ontem, durante e após o Sporting-Wolfsburgo, ilustrando bem como em Portugal só há o Benfica e o anti-Benfica, está aqui este link do relato do jogo pelo Record. Dei-me ao trabalho de ler todos os comentários. É espantoso: para aí 98% dos comentários são de benfiquistas a gozar com o Sporting. Logo a seguir, aparece o Cromo da Silva com a sua laracha no Facebook. Noto aliás uma certa semelhança entre o tom dos comentários e da mensagem. Isto até parece que há uma equipa de pequenos Ruis Gomes da Silva (uma espécie de Oompa-Loompas do computador) dispostos a gastar horas ao teclado a despejar a sua piadola sobre o Sporting.

 

Passam o tempo a falar do Sporting. Gozam com o Sporting. Acho muito bem. Nós também falamos do Benfica e gozamos com o Benfica. Mas depois não venham dizer que somos nós quem passa a vida a falar do Benfica. E também não venham choramingar que ninguém os apoia e ninguém gosta deles e que o mundo é injusto e mais não-sei-quê. Enfim, sejam homenzinhos.

Balanço europeu

1415360991-sporting-wins-42-against-schalke-04-in-

 A nossa equipa que venceu o Schalke 04 (4-2) em Alvalade, a 5 de Novembro

 

Duas vitórias, dois empates, quatro derrotas. Triunfos em casa contra Maribor (3-1) e Schalke 04 (4-2). Um empate também em Alvalade frente ao Wolfsburgo (0-0), no jogo de ontem, e em Maribor (1-1), à beira do fim, por manifesto lapso defensivo nosso. 

Três derrotas "normais": duas frente ao poderoso Chelsea (1-3 , 0-1 ) e outra em Wolfsburgo (0-2), perante o segundo classificado no campeonato alemão.

Há que reconhecer: na designação dos adversários, o sorteio - e só nestas circunstâncias utilizo a palavra sorte - não nos favoreceu.

E um trio de arbitragem russo roubou-nos um empate nos instantes finais do Schalke 04-Sporting (4-3) ao inventar uma grande penalidade que nunca existiu.

 

Marcadores dos golos

Nani: 4 (Sporting-Maribor, Maribor-Sporting, Sporting-Schalke 04, Schalke-Sporting)

Slimani: 2 (Sporting-Maribor, Sporting-Schalke 04)

Adrien: 2 (Schalke 04-Sporting)

Carlos Mané: 1 (Sporting-Maribor)

Jefferson: 1 (Sporting-Schalke 04)

Sarr: 1 (Sporting-Schakle 04)

Jonathan Silva: 1 (Chelsea-Sporting)

 

Este balanço europeu da nossa equipa na temporada oficial 2014/15 não pode ser positivo. Mas não é desonroso. E acima de tudo representa um enorme passo em frente se o compararmos com o ano anterior, quando estivemos arredados das competições europeias.

O caminho - em tudo - tem de ser este. Melhorando gradualmente, através de pequenas mas consistentes etapas. Hoje melhores que ontem, amanhã melhores que hoje.

Só pode ser assim.

De pé

Dissemos adeus à Liga Europa, mas saímos com a cabeça bem levantada, de forma digna. Num jogo em que criámos seis ou sete oportunidades de golo - só não concretizadas em larga medida pela excelente exibição do guarda-redes adversário, o suíço Benaglio, melhor jogador em campo.

Primeiro Tanaka, numa bola que embateu no poste. Depois Tobias Figueiredo, numa perfeita elevação de cabeça na sequência de um canto, com um defesa a travar a bola in extremis. Finalmente William Carvalho, num petardo disparado com o pé esquerdo, de fora da área, proporcionando ao guardião a defesa da noite.

Manteve-se o empate a zero até ao fim. Mas não por falta de atitude ou de pressão da nossa parte. Não por falta de empenho da esmagadora maioria dos nossos jogadores, que vulgarizaram o Wolfsburgo, equipa classificada em segundo lugar no campeonato alemão e que ainda há poucas semanas goleara o poderoso Bayern de Munique. Também não por falta de ambição ou de ousadia de Marco Silva, que apostou (bem) em Tanaka como ponta-de-lança titular e mandou entrar Slimani aos 64', para o lugar de Adrien, alargando a frente de ataque.

 

Destaques?

Hoje apetece-me fazer vários.

Cédric bateu-se como um leão. De fôlego inesgotável, disputou e ganhou várias bolas, sem se atemorizar ao ver pela frente Schürrle, campeão do mundo e recente reforço do Wolfsburgo (por cerca de 32 milhões de euros).

O nosso eixo defensivo, cada vez mais seguro e personalizado, transmitindo confiança à equipa. Paulo Oliveira e Tobias Figueiredo combinaram bem, estiveram sempre concentrados e não facilitaram em lance algum.

William Carvalho batalhador incessante, com uma qualidade de passe insuperável. Bem integrado no tridente do meio-campo, complementando a manobra atacante conduzida por Adrien e João Mário sem descurar a missão defensiva.

Nani, ainda longe da condição física ideal mas com uma vontade do tamanho do mundo de virar a eliminatória. Não foi por ele - longe disso - que o Sporting ficou pelo caminho.

E Tanaka, hoje em estreia como titular numa competição europeia, deu boa conta do recado. Todos quantos vínhamos defendendo a sua progressiva inclusão no onze-base temos motivos para nos congratularmos.

Nenhum deles se poupou para o clássico de domingo no Dragão. Que vai disputar-se com um intervalo inferior a 72 horas.

 

Cansados, mas de pé. E a justificar aplausos. Foram Leões do princípio ao fim.

Falta sempre assim um bocadinho

Os rapazes fizeram-nos a vontade.

Jogaram à bola e suaram a camisola. Muito de ambos.

 

Mas o raio da finalização...

Isto faz pensar que com um Acosta ou um Liedson, os alemães estavam no bolso.*

 

A jogar assim e com algum discernimento na finalização, podemos tratar dos andrades no Domingo.

 

* A ver se se lembram disso para a próxima época.

Falei-não falei-falei-não falei

Leio hoje no Record declarações concedidas pelo presidente do Gil Vicente, António Fiúsa, a esse jornal a propósito do alegado episódio em Alvalade que esteve na origem do castigo aplicado ao presidente do Sporting:

1. «O que está no relatório é verdade, mas considero que são desabafos [de Bruno de Carvalho] motivados pela pressão. Até o tentei acalmar.»

2. «É tudo mentira!" [pedido de desculpa a Bruno de Carvalho] Como é que é possível eu ter pedido desculpas? Nem antes nem depois do jogo eu falei com o presidente do Sporting.»

 

Ora bem. Julgo não ser necessário contratar o Sherlock Holmes para verificar que algo aqui não bate certo. Como é que Fiúsa "tentou acalmar" o presidente do Sporting se garante não ter falado com ele "nem antes nem depois do jogo"?

Fica a pista. Para o Record investigar.

Hoje é o dia!

Rapazes de verde e branco,

Apesar do resultado menos bom na Alemanha;

Apesar da desestabilização que querem provocar no Clube e na equipa;

Apesar de alguns (até dos nossos) vos considerarem fraquinhos;

Apesar de ser uma tarefa muito difícil,

Mostrem a fibra de que são feitos!

Mostrem que são capazes!

A camisola é pra suar!

 

Eu acredito, acreditem vocês também!

Anormais

Associo-me inteiramente ao Artista do Dia na sua abjecção por um vídeo que aí circula feito por um grupo de presumíveis sportinguistas (também já vi o vídeo e não o ponho aqui porque é irreproduzível). Acho até que a direcção do Sporting devia fazer o mesmo, apesar de não ter nada que ver com o dito.

 

Mesmo assim gostava só de dizer uma coisa: há muito tempo que a mais famosa claque do Benfica (os No Name Boys) brinca com simbologia nazi. NN quer dizer No Name, mas também quer dizer Neo Nazi, e o símbolo é uma estilização gráfica do símbolo das SS.

 

Eu acho que estes idiotas, os do Sporting, os do Benfica, os do Porto (e de outros, que também os há do género) deviam ir brincar aos nazismos para a porta que os partiu e deixar sossegada a gente que gosta mesmo é de bola.

Os mesmos

Andam por aí alguns jarretas muito irritados com o plantel do Sporting 2014/15.

São os mesmos que, noutros tempos, elogiavam qualquer perna de pau que chegava a Alvalade.

Os mesmos que aplaudiam Pranjic, Bojinov, Chhetri, Elias, Gelson Fernandes, Turan, Xandão, Sebastián Ribas, Ventura, Viola, Jeffrén, Rubio, Boulahrouz, Labyad, Joãozinho...

Leonardo Jardim soma e segue

Geoffrey Kondogbia goal vs. Arsenal

 

Terminei o dia desportivo da melhor maneira: a ver em directo a excelente vitória do Mónaco ao Arsenal, em Londres, por 3-1. Um resultado que praticamente resolve a eliminatória, colocando a equipa do principado - onde jogam, entre outros, João Moutinho, Ricardo Carvalho e Bernardo Silva - já com um pé na próxima eliminatória da Liga dos Campeões.

O Mónaco venceu e convenceu. Confirmando o mérito do seu treinador, o nosso Leonardo Jardim. Que está de parabéns, sem qualquer dúvida.

Não acreditem no que diz o Miranda

Diamantino Miranda, que agora abrilhanta alguns serões no canal público de notícias, RTP Informação, proferiu no sábado este dislate: «Os adeptos do Sporting dão a entender que deixaram de acreditar na equipa.»

Menos de 24 horas depois, os mesmíssimos adeptos do Sporting deram ao Sr. Miranda agora com lugar cativo no canal público (isto é, pago por todos nós) um desmentido vivo e categórico: 42.098 espectadores acorreram a Alvalade, naquela que foi de longe a maior assistência da jornada.

Aguardemos, portanto, que o Sr. Miranda pense duas vezes antes da próxima vez que quiser aproveitar o tempo de antena que lhe é proporcionado pelo canal público (pago por todos nós) para tentar achincalhar o Sporting. Só para evitar cobrir-se de ridículo ao perceber que tudo quanto diz sobre o nosso clube é desmentido pelos factos.

 

Pág. 1/9

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D