Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

2015 em balanço (6)

marco_silva_treinador_estoril_2012[1].jpg

 

DESPEDIDA DO ANO: MARCO SILVA

Muito se especulou sobre a saída dele do Sporting faz agora um ano, com a época a meio. Mas Marco Silva, contrariando as expectativas, manteve-se como treinador da nossa equipa de futebol até ao fim da temporada. E saiu em grande, com a conquista da Taça de Portugal no Jamor, frente ao Sporting de Braga. Um troféu que nos fugia desde 2008 e foi arrancado a ferros, com dois golos ao cair do pano, marcados por Slimani e Montero, e duas soberbas defesas de Rui Patrício no desempate por grandes penalidades.

Houve festa rija, como se impunha. Mas Marco Silva viu terminar aí a sua missão em Alvalade apesar de ter mais três anos de contrato. As relações entre o presidente Bruno de Carvalho e o treinador tinham azedado a tal ponto que se tornou impossível a coexistência de ambos no clube.

Muitos adeptos lamentaram esta ruptura, ficando gratos ao jovem treinador por nos ter devolvido o orgulho de conquistar a Taça. Mas a prestação do Sporting no campeonato esteve longe de ser famosa: quedámo-nos na terceira posição, sem entrada directa na Liga dos Campeões, ao contrário do que havia sucedido na temporada anterior. E a rápida contratação de Jorge Jesus para treinador da equipa principal não tardou a calar as críticas ao presidente que já se esboçavam entre vários adeptos.

A direcção leonina não primou pela elegância neste processo, accionando um processo disciplinar a Marco Silva que acabaria por ficar sem efeito: o bom senso imperou finalmente, fazendo substituir a via litigiosa por um acordo entre as partes. Era o desfecho mais razoável.

O técnico de 38 anos rumou então a Atenas, onde passou a orientar o Olympiacos. Com manifesto sucesso. O clube lidera isolado a Liga grega e igualou o melhor início de campeonato de que há memória: à 16ª jornada, averbou 16 vitórias. Confirmando os atributos de Marco Silva, que já manifestou a intenção de voltar a treinar em Portugal.

 

Despedida do ano em 2012: Polga

Despedida do ano em 2013: Wolfswinkel

Despedida do ano em 2014: Leonardo Jardim

6 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D