04 Jan 16

Andre+Carrillo+NK+Maribor+v+Sporting+Clube+-6bIkSG

 

DECEPÇÃO DO ANO: CARRILLO

Teve o seu ponto culminante no Sporting a 9 de Agosto, quando marcou o golo da nossa vitória na Supertaça frente ao Benfica - golo que aliás viria a ser oficialmente atribuído a Teo Gutiérrez, quanto a mim sem justificação. Os adeptos nessa altura perdoaram-lhe tudo: a displicência que tantas vezes exibiu em campo, a indisciplina táctica, a irregularidade exibicional.

Lamentavelmente, Carrillo ficou indiferente a essa onda de euforia. Esse momento culminante representou também o princípio do fim do peruano em Alvalade. A partir daí assumiu atitudes de prima donna, claramente apostado em abandonar o clube sem dar nada mais em troca. Numa altura em que todos estávamos dispostos a esquecer as três decepcionantes épocas que tinham ficado para trás - cheias de promessas não cumpridas por André Carrillo, jogador que raras vezes revelou raça leonina em campo. Uma espécie de anti-Slimani.

À beira do fim da relação contratual que o liga ao nosso clube, fez questão de não prolongar o vínculo,  rejeitando um dos melhores salários do plantel. Recusou igualmente uma transferência para o futebol inglês que teria sido proveitosa para os cofres leoninos.

Pensou nele e só nele.

Preferiu deixar de jogar, quebrando em definitivo o elo afectivo que ainda o ligava a alguns sócios mais benevolentes. Foi alvo de um  processo disciplinar e manteve-se  fora dos confrontos europeus. O que teve o condão de abrir caminho a alguns jovens da formação leonina, como Gelson Martins e Matheus Pereira. Há sempre males que vêm por bem.

Carrillo tornou-se por vontade própria uma carta fora do baralho. Prossegue na contagem decrescente para sair do Sporting, um clube que sempre o tratou bem. E com isso acabou até por prejudicar-se ao nível da selecção peruana.

Só algumas melancias - verdes por fora, encarnadas por dentro - ainda o invocam. Em vão. Para o adepto comum ele já deixou de ser dos nossos. É pena mas convém assumir tal facto.

Não há que esconder: este jogador de 24 anos foi a grande decepção do ano. Sendo ainda presente, já se tornou um nome do passado.

Fica o golo na Supertaça como recordação.

 

Decepção do ano em 2012: Elias

Decepção do ano em 2013: Bruma

Decepção do ano em 2014: Eric Dier 


comentar
12 comentários:
De Valdemar a 4 de Janeiro de 2016 às 15:10
Entretanto, quase poderemos retirar o Elias da lista de decepções.

Após 3 anos, pode dar finalmente algum retorno ao clube.

Ainda que apenas financeiro. Eheheh.

Um forte abraço, saudações leoninas e bom primeiro lugar.


De Pedro Correia a 4 de Janeiro de 2016 às 16:29
Saudações leoninas, Valdemar. E bom ano. Espero vê-lo por cá sempre com esse saudável sentido de humor.


De a 4 de Janeiro de 2016 às 15:50
Tantos anos a levar os sportinguistas ao desespero e quando, finalmente, podia retribuir com alguma coisa, escolheu ir embora.

É impossível alguém rejeitar um contrato como aquele que lhe foi oferecido sem ter nada na manga, o que quer dizer que muito provavelmente veremos Carrillo com outras cores no nosso campeonato.

Enfim, uma besta.

Uma coisa é certa: quem o levar vai ter muito que recuperar.


De Pedro Correia a 4 de Janeiro de 2016 às 16:28
Ala, que se faz tarde.


De José a 4 de Janeiro de 2016 às 18:35
Ainda bem que ele recusou o contrato, Princepesco, que lhe foi oferecido. Estou seguro que o homem não aguentaria a passada do Jesus e perdíamos uma pipa de massa. Cá, para mim, mantinha-se a treinar até Junho.


De Pedro Correia a 4 de Janeiro de 2016 às 21:38
Esgotei a paciência para este cavalheiro. Já basta.


De SportingSempre a 4 de Janeiro de 2016 às 19:23
Concordo parcialmente. Os jogadores tem família, empresários, objectivos a atingir numa carreira bem curta. Lembro-me de grandes jogadores e sportinguistas a deixar Alvalade pela porta pequena.

O caso do Carrillo, mais que gratidão ou falta dela, parece existir uma dificuldade de diálogo entre os dois "donos" do jogador e Bruno de Carvalho. Como existiu com a Doyen, como existiu no caso Danilo. É uma pena para o Carrillo, é uma pena para o Sporting, parecia que ia ser o seu ano de afirmação, parece que vai ser o seu ano de travessia do deserto.

Quanto aos outros o Bruma foi um caso parecido, resolvido amigavelmente à ultima da hora, o Elias um caso de inadaptação ao futebol pretendido pelo treinador/Sá Pinto e o Dier um caso do sonho de chegar a titular da selecção do seu país.

Mas quando se pensa no que tivemos dos quatro, desportiva e financeiramente e o que podíamos ter tido, entendo perfeitamente a decepção, mesmo com os milhões do Elias a entrar a breve prazo (dizem)...


De Pedro Correia a 4 de Janeiro de 2016 às 21:40
Elias: só me lembro dele a jogar para trás.

Bruma: espero que já tenha despertador para não faltar às reuniões com o presidente lá na Turquia.

Dier: um caso clamoroso de péssima gestão da era Godinho, que permitiu libertá-lo por 5 milhões.

Carrillo: vaya con Dios.


De Jorge Ferreira a 4 de Janeiro de 2016 às 19:42
A reintegração de Carrillo no plantel neste momento, poderia ter efeitos nefastos no balneário e, comprometer o ambiente saudável que nos é dado perceber existir actualmente. Seria na minha opinião, correr riscos desnecessários...

Saudações Leoninas


De Pedro Correia a 4 de Janeiro de 2016 às 21:38
Ainda bem que ele se afastou. Permitiu que Gelson e Matheus brilhassem mais cedo na equipa principal.


De Romão a 5 de Janeiro de 2016 às 11:44
O Elias faz-me alguma confusão ! Foi uma decepção é verdade. Mas acredito que tenham existido outros motivos para alem do desportivo.

É que via os jogos do Corinthians, campeão brasileiro, e ele um tal de Jadson e um Renato Augusto jogavam que que se fartavam...

Consegue ser titular da selecção brasileira o que é um feito ( apesar da selecção brasileira já não ser o que era).

SL


De Schmeichel a 5 de Janeiro de 2016 às 11:46
Carrilho sofre de um grave problema que se chama empresários...

Tenho um feeling que o Carrilho vai para o Porto, e o empresário Elio Casareto deve-lhe ter sido prometido uma bela comissão. O que poderia fazer o Sporting?
Eu mantenho a minha opinião de que o Carrilho nunca deveria ter iniciado a época no Sporting, ou renovava ou era vendido.

Continuo a defender que quem perde mais com esta situação toda é o jogador, já que o empresário receberá a sua comissão, mas o jogador é que vai ficar um ano sem jogar, sendo que poderá ter efeitos futuros na carreira do jogador, desde a falta de ritmo de jogo à falta de confiança, muitas coisas poderão correr mal no seu novo clube. E sinceramente desejo tudo de mal ao Carrilho, que se lesione no meio de tanto dinheiro...


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Gamanço Futebol Clube

Os nossos jogadores, um a...

Rescaldo do jogo de hoje

Regras para um candidato ...

O mais comentado de sempr...

Os nossos comentadores me...

Pum! Um tiro na candidatu...

Sporting - O meu balanço ...

A campanha ainda não come...

Arquivo

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

vitórias

prognósticos

jorge jesus

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

mundial 2014

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

ler os outros

árbitros

euro 2016

golos

clássicos

futebol

comentadores

nós

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds