Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

2014 em balanço (2)

aaaasilva-8401999189[1].jpg

 

TREINADOR DO ANO: MARCO SILVA

Rei morto, rei posto. Mal Leonardo Jardim optou por rumar ao Mónaco, um ano mais cedo do que o previsto no termo do contrato, numa transferência que rendeu cerca de três milhões de euros aos cofres leoninos, Bruno de Carvalho apresentou aos sócios o sucessor. Era Marco Silva, uma escolha aplaudida por unanimidade.

O jovem técnico que no dia 21 de Maio de 2014 surgiu ao lado do presidente de cachecol verde e branco, com apenas 36 anos, o cartão de sócio nº 108.079 e um contrato vinculando-o ao clube por quatro épocas, fora uma figura em destaque na Liga 2013/14 ao conduzir com sucesso o Estoril - que tirara dois anos antes da segunda divisão - ao quarto lugar, com 54 pontos e acesso directo à Liga Europa. O Estoril foi, aliás, a única equipa a derrotar o Sporting em casa, na última jornada do campeonato.

Apesar das contingências financeiras no clube, resultado das desastrosas gestões anteriores, e de orientar um plantel que não escolhera, Marco não tardou a mostrar resultados. Recuperou Carrillo, um jogador que parecia perdido havia três épocas em Alvalade e se tornou um dos mais valorizados da nova temporada. Trouxe Montero de regresso aos golos. Apostou em João Mário como pedra nuclear no meio-campo. E conferiu um cunho mais ofensivo à equipa, reeditando o padrão clássico do Sporting no relvado.

Conquistou a Taça de Honra em Julho, derrotando o Benfica na final. Enfrentou com êxito os encarnados na Luz, já para o campeonato, trazendo de lá um empate quase com sabor a vitória. Empatou com o reforçadíssimo FCP em Alvalade. E, na Taça de Portugal, impôs uma derrota aos portistas no Dragão, estádio onde o Sporting não vencia desde Março de 2007 e não marcava três golos desde Outubro de 1975.

Conduziu a equipa numa campanha digna na Liga dos Campeões, de onde só fomos afastados por escandalosa intervenção do quarteto de arbitragem, capaz de transformar um empate frente ao Schalke 0-4, na Alemanha, em derrota tangencial. Mas o Sporting prossegue o percurso internacional, desta vez na Liga Europa. Singra na Taça da Liga. É favorito à conquista da Taça de Portugal, que não vence desde 2008. E mantém intactas as aspirações de revalidar o bom segundo lugar alcançado no campeonato da época passada.

Nos últimos dias do ano, Marco Silva superou com sucesso o verdadeiro teste à sua popularidade que tem sido o até agora incompreensível conflito com Bruno de Carvalho. Os adeptos confiam nele para se manter ao leme da equipa. E esperam que o presidente que nele apostou há sete meses saiba entender estes sinais.

 

Treinador do ano em 2012: Domingos Paciência

Treinador do ano em 2013: Leonardo Jardim

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D