Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

"O Sporting está saturado de guerras internas"

"O resultado da assembleia geral fala por si. O Sporting está saturado de guerras e confrontos e conflitos internos. Os sportinguistas entenderam que é preciso acabar com a guerra interna e é preciso encontrar um rumo. Esta direcção tem uma legitimidade significativa e esbateram-se os ecos eleitorais, o que é excelente. O Sporting não pode ficar dividido em blocos. As eleições são uma escolha. Tem de haver conciliação pós-eleitoral, sobretudo quando o clube precisa de uma terapêutica que é duríssima. O Sporting vai ter de fazer mais com menos. O mal não está no plano de reestruturação financeira: o mal está na situação da qual partimos. O mal nunca está na cura."

Rogério Alves, há pouco, na SIC Notícias

A segunda vitória de Bruno de Carvalho

Ocorreu há pouco a segunda vitória de Bruno de Carvalho em três meses - desta vez nesse palco privilegiado da expressão da vontade dos sócios que é a assembleia-geral leonina. Por números que não deixam dúvidas a ninguém: 1206 sócios votaram a favor do plano de reestruturação financeira, houve apenas 12 que votaram contra (0,97%), e ainda 13 abstenções e cinco votos nulos.

Números que representam também a vitória do bom senso: nesta fase tão embrionária do seu mandato, Bruno de Carvalho não tem oposição. Daí os 97,3% que obteve nesta reunião magna, ampliando consideravelmente a percentagem conseguida nas urnas em Março.
A aprovação do plano de reestruturação é um passo essencial para o Sporting recuperar da profunda crise em que mergulhou. Todos queremos agora que esta vitória do presidente seja igualmente a vitória do nosso clube do coração.

Venha daí o futuro!

A Assembleia Geral do Sporting aprovou a reestruturação financeira do clube com mais de 97% dos votos. Numa altura em que muito se fala da importância de um clube unido e com um projecto claro para vários anos, este resultado só pode ser visto como extremamente animador. Um momento decisivo ocorrido na véspera do dia em que o Sporting comemorará 107 anos de vida. Agora, venha daí o futuro!

Letras na bola

Benjamín Prado, no El Mundo, hoje: «No existen los equipos invencibles pero ninguno está más cerca de serlo que aquel que logra ganar a sus rivales incluso cuando juega peor que ellos. Y eso es, exactamente, lo que hizo España en su semifinal del otro día contra Italia. Así que ahora ya sólo nos queda lograr el otro cincuenta por ciento de la hazaña, que es vencer a los jugadores de Brasil y, sobre todo, a su uniforme: en el mundo del fútbol, ningún color pesa tanto ni es tan difícil de borrar como el amarillo bossa nova de esa camiseta. (...) O sea, que con todos esos ingredientes en la mesa de la cocina, quien se pierda el partido de esta noche sólo puede hacerlo porque tenga algún plan mucho peor.»

"Bipolaridade maldizente"

"Conselheiro Leonino", 2 de Janeiro:

"[Daniel Carriço] foi vendido por 750 mil euros, ficando com percentagem no passe numa futura transferência... Os mesmos que pediam para mandar embora o Carriço, perguntam "Só 750 mil euros?" Já chega!!! Podia continuar com mais exemplos desta bipolaridade maldizente, mas não vale a pena! É do género: Sei que não vou por aí mas também não sei por onde ir, só sei mesmo é dizer mal..."

 

"Conselheiro Leonino", 28 de Junho:

"Veja-se o caso do Gelson Fernandes. Internacional suíço com um currículo a nível de clubes que representou que não está ao alcance de muitos. Não é um Rinaudo mas foi sempre um excelente profissional, daqueles que dá tudo dentro do campo pela equipa que representa. Tinha contrato por mais três anos com o Sporting. Solução? Foi oferecido ao 6.º classificado do campeonato do Haiti, perdão, Alemão. Apenas o campeonato da Europa mais pujante financeiramente. Ah e tal o transfermarket dizem que foi por 400 mil euros."

Uma boa notícia

 

A renovação de Seejou King, defesa esquerdo dinamarquês e jogador de qualidade é, naturalmente, uma decisão de saudar. Pessoalmente acho mesmo que se trata de um um jogador mais completo do que o seu previsível concorrente, o brasileiro Jefferson - este muito bom a atacar mas com lacunas...a defender. Vamos ver se King, igualmente bom marcador de golos, mas sem comprometer nas tarefas defensivas, não se assume ele próprio como titular da equipa principal. 

Perguntas soltas à espera de respostas

- Emprestar Gael Etock no último ano de contrato deste com o Sporting faz algum sentido sem o mesmo ter sido renovado previamente? Foi?

 

- Por quanto foi emprestado ou vendido Gélson Fernandes ao clube alemão Friburgo?

 

- É verdade que, nos três meses de mandato da actual direcção do Sporting, o endividamento do clube face ao BES e ao BCP foi aumentado numa verba que oscila entre os 15 e os 18 milhões de euros?

A Assembleia Geral

A Assembleia Geral marcada para dia 30 marca, acima de tudo, um ponto de viragem e um separar das águas dentro do Sporting. Nesta reunião magna dos sócios do nosso Clube, espera-se que todas as perguntas sejam formuladas e todas as dúvidas esclarecidas. E que exista vontade, por quem de direito, de perder (ganhar?) tempo em explicar tudo o que deve ser explicado.

 

A partir de domingo, e sendo aprovada a estratégia do nosso Clube para os próximos tempos, a responsabilidade dos destinos do Sporting passa a ser não apenas da actual Direcção, mas de todos nós.

 

Quem não lá for, porque prefere a praia ou tem melhores coisas para fazer a um domingo, poderá continuar a mandar palpites de bancada, mas perdeu a legitimidade para argumentar o que quer que seja porque, quando foi chamado a intervir, escusou-se a fazê-lo. A única excepção, digo eu, serão os sócios recentes que não têm direito a voto e, como tal, pouco ou nada poderiam fazer nesta reunião a não ser ouvir e serem esclarecidos.

 

Espero, sinceramente espero, que a Direcção seja sensível o suficiente para ouvir vozes discordantes (era bom sinal que existissem, os unanimismos dão sempre mau resultado) e que possa ter a capacidade de unir este nosso balcanizado Sporting.

 

Aprovada a estratégia, a guerrilha acabou. Poder-se-á apontar os erros, divergir, ter opiniões diferentes (coisas saudáveis e normais em qualquer Clube), e é bom que assim seja. Mas a fronteira não será ultrapassada. Sócios e Direcção passam a partilhar sucessos, insucessos, responsabilidades. Oxalá que o caminho que seja seguido no domingo seja o melhor para o nosso Clube.

 

Dito isto, quero aqui realçar que, pela minha parte, não me escusarei a dizer sempre o que penso, mesmo que não seja de agrado de alguns, de outros ou de todos. Como disse anteriormente, detesto unanimismos e rótulos apenas porque, em casos específicos, tenho uma opinião diferente da maioria.

Percebeu bem

O Conselho Leonino aprovou por unanimidade - repito: por unanimidade - o plano de reestruturação financeira do Sporting. E até Godinho Lopes apela aos sócios para que dêem luz verde a esse plano na assembleia-geral do próximo domingo. Porque, a seu ver, o clube precisa de união e estabilidade. Também ele já percebeu que o novo rumo que todos queremos para o Sporting é incompatível com um clima de instabilidade, só favorável aos nossos adversários históricos.

Percebeu bem.

 

Dedicado aos profetas da desgraça

Se eu pudesse dedicar esta notícia a alguém seria aos profetas da desgraça que, borrados de medo, previram o caos e acusaram a actual direcção de estar a brincar com o fogo e a esticar demasiado a corda na relação com os empresários, ao cometer o pecado de engrossar a voz e a dar um murro na mesa. Porque é uma pena constatar que há sportinguistas que acham que a fragilidade do clube lhe limita as possibilidades de defesa dos seus interesses e da sua dignidade. Mas é bom ver que há sportinguistas que pensam exactamente o contrário e, melhor ainda, é saber que quem manda actualmente no clube é um deles. Um garoto que tem deixado toda a gente em sentido. 

Pág. 1/7

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D