Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

"Lavar as mãos como Pilatos"

"Vergonhosa, esta atitude da FIFA. Absolutamente inqualificável, responder sem nada esclarecer e deixar um clube - qualquer clube - e uma federação nacional - de qualquer país - arcar com as possíveis consequências da decisão que tome(m) relativamente à utilização de um atleta, lavando as mãos como Pilatos. Dando com uma mão e tirando com a outra.
Cobardes, cínicos, inúteis. MAFIOSOS.
É isto a federação internacional do futebol? Em que contribuem estas atitudes ou omissões para o prestígio e a transparência no futebol?
Afinal, quem fez e implementou as regras que regem o negócio do futebol e as transferências de atletas? Não foram estes mesmos que, agora, perante questões legítimas de uma federação e de um clube, se recusam a esclarecê-las?
QUE NOJO!"


EDUARDO PEREIRA, in O JOGO, comentário, 31.01.2013


Comungamos deste comentário de um leitor de "O Jogo". Foi exactamente como havíamos adivinhado. A FIFA não reconhece os seus próprios erros e "chuta para canto". Uma vergonha. E se a FIFA não sabe, é o Sporting que é culpado, é o Sporting que tinha de saber? Tenham juízo!

Preferem bater a debater

Atacam em bando, como as hienas. E preferem bater a debater. Os energúmenos que hoje agrediram o vice-presidente e outros membros da Mesa da Assembleia Geral devem ter sido os mesmos que há quase um ano, no aeroporto da Portela, insultaram Domingos Paciência e a equipa de futebol, então regressados de um jogo no Funchal. Poucas horas depois deste lamentável facto, o Conselho Directivo despedia o treinador, dando início a um pesadelo de doze meses. O pior período de sempre da história do Sporting.

 

ADENDA: Conselho Directivo do Sporting repudia o sucedido.

ADENDA 2: quatro ex-candidatos à presidência - Abrantes Mendes, Bruno de Carvalho, Dias Ferreira e Pedro Baltazar - subscrevem comunicado de condenação conjunto.

Uma bota difícil de descalçar

A demora da FIFA em responder ao Sporting tem cada vez mais uma razão de ser. Vários meses após a aprovação do actual Regulamento de Trasnsferências, a FIFA percebeu hoje que o mesmo contém normas potencialmente contraditórias entre si e, fundamentalmente, desaptadas à realidade das várias competições nacionais, e está com manifesta dificuldade "em descalçar a bota". Mas vai ter de o fazer. Vamos ver é quem sai prejudicado de todo este imbróglio. No meio disto tudo o Sporting é, ao mesmo tempo, o menos culpado e o mais prejudicado. Nomeadamente porque está de boa fé. Mas o que me faz verdadeiramente impressão é ver o bom nome do clube e a competência de quem está a tratar de todo este processo com as cautelas necessárias ser posto em causa. Isto quando, até agora, todas as partes consultadas deram razão ao clube, como é o caso da Federação Romena de Futebol.

Não quero acreditar

Não quero acreditar que o Conselho Directivo tenciona accionar mecanismos legais para impedir, junto de órgãos jurisdicionais alheios ao Sporting, a realização de uma assembleia geral que permita auscultar a opinião dos sócios do clube. Nem quero acreditar que algum juiz pudesse dar provimento a uma providência cautelar destinada a impedir o debate entre os sportinguistas, na sede própria para o efeito, condicionando a autonomia associativa e a liberdade de reunião consagradas na nossa lei fundamental.

 

Campeonato de matraquilhos És a nossa Fé... Quem alinha?

 

Depois do repto/ideia lançada pela nossa colega Cristina Torrão, fica aqui a promessa/ projecto de intenções de organizar um campeonato de matraquilhos com os bloggers do És a nossa Fé e os nossos leitores.

Pela nossa parte, e para tornar a coisa mais interessante, iremos ver se o Sporting dá uma ajudinha nisto ou se até algum dos Núcleos do nosso Clube nos querem acolher durante uma tarde. Se algum leitor tiver alguma ideia de local e possibilidade de nós o “invadirmos”, pode sempre dar a sugestão na caixa de comentários. The game is on...:-)

Alguém precisa mesmo de esclarecimentos....em como trabalhar!

1314:  EUROPEAN UPDATE

There's always one. Normally more. But Sporting Lisbon have made deadline day's first big administrative clanger. The bad news is it could affect Ricky van Wolfswinkel too.

European football expert Andy Brassell says: "It looks like Sporting might not be able to re-sign Marius Niculae (see 1034) after all. Niculae has already played for two clubs this season, having turned out for Dinamo Bucharest in the Romanian Super Cup before joining Vaslui. The maximum number of clubs FIFA allows a player to be registered with in one July to June period is two. Typical of Sporting's season, I'm afraid - and it could compromise a move for Ricky van Wolfswinkel."

 

 

 

O estertor desta direcção

Em pouco mais de um ano passámos por quatro treinadores, contratações milionárias falhadas, venda de jogadores por tostão e meio ou mesmo oferecidos, demissões de vices, demissões de administradores da SAD e directores do futebol, casos de espionagem interna, depósitos em contas de equipas de arbitragem. Chegamos hoje, dia 31 de Janeiro, à vergonha de sermos gozados como o clube que contrata (ou afinal não contrata) um jogador que não pode jogar até final da época. Esta direcção não é apenas incapaz, é uma direcção incompetente e que lesa o bom nome do Sporting. Hoje dia 31 de Janeiro de 2013 esperamos que Godinho Lopes entregue a sua carta de demissão. A não ser que queira passar pelo vexame de ser o único (julgo eu) presidente do Sporting  a ser destituído numa Assembleia Geral. Ou tudo isto não configura justa causa?

Uma ajudinha para o Prof. Sampaio

Em vez de perder tempo com sessões de esclarecimento, melhor seria que desse uma vista de olhos para esta foto de forma a dar à propalada AG(E) (a realizar-se, e se for o caso), um mínimo de dignidade em sede de organização, pese embora o insólito local. Fica aqui o contributo. 100% gracioso. E, não se esqueça, a equipa treina a essa hora mesmo atrás de si... Que trapalhada!

Não se incomodem...

... mas o site do SCP anuncia a contratação de Marius Nicolae, enquanto o comunicado do SCP informa que estão a decorrer conversas para ver se afinal pode ser ou não contratação. Não se incomodem mesmo a disfarçar, não vale mesmo a pena.

Por acaso preferia o Paulo Henrique, mesmo com boas memória do "velho" Nicola. Vejamos como termina o dia. Espero que com um reforço para o ataque depois da fase de "emagrecimento apressado e atabalhoado".

 

 

P. S. - Para alguns que tanto insistem em tapar o sol com a peneira, a sério, não exagerem: torna-se constrangedor, confrangedor e degradante tanto "douramento de pílula", tanta "maquilhagem" num "destroço em acelerada decomposição" e tanta alienação da realidade (compatível com a alienação de património e hipoteca do futuro promovida pelo Godinho Lopes, mas ainda assim...).

 

Campeonatos de matraquilhos*

Recentemente, num almoço de domingo na nossa casa de família, demos por nós a evocar memórias antigas de sportinguistas. Mais interessante do que a tertúlia em si – que irei retomar num próximo artigo – foi a (re)descoberta da mesa de matraquilhos da minha infância. Tapada, ignorada e esquecida durante anos foi, naquela tarde, a felicidade das gerações mais novas da família (e, confesso-vos, das restantes).

A ideia de um campeonato de matraquilhos, a efectivar-se logo de seguida, foi imediata. Durante algumas horas, voltámos todos a ser crianças e a disputar, de forma aguerrida, as bolas em “campo”. Mas giro, giro foi ver os meus sobrinhos e os meus filhos em disputa acesa sobre quem é que iria jogar pelo Sporting. Porque, como todos sabem, qualquer mesa de matraquilhos que se preze (excepção talvez às que sejam vendidas no norte de Portugal) têm os eternos rivais a jogar entre si.

A contenda lá se resolveu, com as equipas formadas pelos mais pequenos a jogarem à vez pelo nosso Clube. E, claro está, o Sporting ganhou porque quem estava a jogar pelo slb deixava, misteriosamente, os golos entrarem quando havia a ameaça do benfica ganhar o jogo... Quando o campeonato acabou, fiquei para trás a observar aquele que foi um dos brinquedos mais emblemáticos da minha infância. O tempo tinha passado por esse enorme tabuleiro, mas ainda havia algo que me transportava para o passado: a mesa tinha as marcas de cigarros do meu pai, um dos avançados estava pintado de negro com um enorme J, de Jordão, na camisola, ladeado, obviamente, por um MF (não é Mota Ferreira, mas o incontornável Manuel Fernandes). Os bonecos do slb estavam maltratados como o meu irmão e eu os tínhamos deixado há 30 anos e, no relvado, junto à baliza do nosso adversário, tinha escrito “goloooo”, como se, por escrevermos a palavra mágica, tívessemos por garantida uma vitória do nosso Sporting.

Dei por mim a sonhar acordado e, por breves momentos, regressei a recordações que me são queridas. Com a vantagem de, agora, a juntar às minhas memórias passadas, outras, de um passado mais recente, em que os nossos descendentes mostram que quem sai aos seus não degenera.

 

*Artigo desta semana no jornal do Sporting

Ainda bem, ainda mal

Desta vez os sócios e adeptos do Sporting tiveram direito a informação mínima, no sítio do clube, sobre a saída de um jogador - no caso, Bruno Pereirinha, também alvo de um breve comunicado na página oficial da Lazio, clube onde passará a jogar.

Parece que as nossas críticas são escutadas em Alvalade. Ainda bem. Mal é o persistente silêncio do sítio leonino sobre as saídas de outros jogadores, designadamente Insúa e Izmailov. E também, já agora, os termos em que está redigido o lacónico comunicado sobre Pereirinha: "O atleta mostrou-se indisponível para renovar." Sendo certo que o clube se "mostrava indisponível" para o pôr a jogar.

A forma como, no momento da despedida, tratamos os que serviram o clube com dedicação e profissionalismo diz muito a nosso respeito. Elegância nunca devia ser palavra vã numa instituição como o Sporting.

Marius Niculae, trá-lá-lá-lá-lá...

Ao final da tarde voltei àquela magnífica temporada de 2001-2002, quando todos os sonhos pareciam possíveis e o futuro era brilhante. Tardes e noites brilhantes na Bancada Nova do Estádio de Alvalade, com a curva belíssima a cantar sem parar, antes de a SAD incentivar a divisão da Juve Leo. Lá em baixo estavam Nelson; César Prates, André Cruz, Beto e Rui Jorge; Paulo Bento, Pedro Barbosa e Hugo Viana; João Pinto, Mário Jardel e Marius Niculae. E ainda Ricardo Quaresma e outros grandes valores.

Gosto de voltar a ter um campeão nacional do Sporting no Sporting, como gostaria de ver Hugo Viana e Ricardo Quaresma de volta a Alvalade.

Vai ser bom voltar a entoar o cântico de 2001/2002. Oxalá todos os sonhos voltem a parecer possíveis. Oxalá o futuro seja brilhante.

Marius Niculae em grande forma

O Vaslui, equipa onde Niculae joga, está em Espanha, mais concretamente em San Pedro del Pinatar, em Múrcia, em estágio. É aí que Marius tem treinado e exibe a boa forma que lhe permitiu marcar já 12 golos na presente época. Bom retorno ao Sporting caro Marius! Esse pé esquerdo deixou sempre grandes saudades!

Um dia feliz

 

Quando pensava que o meu dia estava ganho com a marcação da Assembleia Geral para dia 9 de Fevereiro, eis que surge a notícia do regresso iminente de um dos jogadores que mais apreciei ver jogar de leão ao peito. Há dias felizes!

Sessões, conferências, assembleias e outras coisas que tais...

 

Num dia em que tivemos conhecimento do feliz regresso a Alvalade do goleador Marius Niculae, de que Tiago Loureiro deu tão boa nota, ainda que não se tratasse da nossa primeira escolha, tivemos também notícias de outro acontecimento, este sem dúvida bem mais polémico e sobre o qual não contava voltar a comentar fosse o que fosse antes da realização do mesmo. Falo da tão propalada AG(E). Os últimos acontecimentos levam-me, contudo, a "ter" de o fazer. Ora vejamos: em primeiro lugar a marcação para amanhã de uma surrealista sessão de esclarecimento/conferência de imprensa do Vice-Presidente da Mesa da AG, a qual me faz recordar, confesso, outros tempos e outros locais. É que, se a AG já está marcada e publicitada, para quê uma conferência de imprensa sobre a mesma? Não se compreende; em segundo lugar, o local de realização da AG: uma Assembleia Geral Extraordinária marcada para o ar livre, em pleno Inverno, na bancada poente do Estádio de Alvalade, numa sessão que, seguramente, será dirigida a partir do fosso pela equipa de professores de medicina que preside à AG, não lembrava a ninguém e a sua realização naquele local é a prova provada de que não existia, afinal, capacidade financeira por parte dos requerentes para arranjar um espaço destinado à AG, o que nos leva desde logo a por em dúvida as afirmações que até agora foram veiculadas sobre o cabal cumprimento desse requisito.

Em terceiro lugar a própria realização da AG em si mesma: a verdade é que a AG(E) pode mesmo vir a não ter lugar, a ser dada luz verde à(s) providência(s) cautelares que, a esta hora, já devem ter seguramente dado entrada nos tribunais. E, a existir uma decisão em tempo útil destes, no sentido desejado pelos seus requerentes, a manhã de sábado dia 9 não será mais do que um início de fim de semana como qualquer outro...

Há contudo uma alternativa: as várias partes ainda vão a tempo de reflectir e de concluir que o melhor mesmo é realizar o tal REFERENDO de que falei, a ter lugar no final desta época desportiva: dá-se a palavra a todos os sócios, e não apenas a parte deles, e não se prejudica a boa evolução da equipa de futebol. Pensem nisso meus senhores da "oposição" e da "situação". Mas façam-no depressa por favor. O Sporting agradece.

As coisas são o que são

Ao serviço do V. Guimarães, Baldé já marcou cinco golos em 13 jogos neste campeonato, apesar de ter sido titular só a partir da décima jornada (dados recolhidos na edição de hoje do Record). Uma prestação que ajuda a explicar o facto de a equipa vimaranense se encontrar na sexta posição, três lugares acima do Sporting.

Vale a pena reflectir nisto: este avançado, formado por nós, podia estar hoje de verde e branco.

Se não foi erro de avaliação, parece. As coisas são o que são.

Pág. 1/14

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D