31 Mar 12

Sou do Sporting. Mas não sou surdo. E muito menos cego. Ao Sporting, lamento reconhecer, só resta lutar pelo terceiro lugar no campeonato (e pela Taça de Portugal e pela Liga Europa, mas isso é outra conversa, muito mais saborosa). Custa-me concluir isto, mas há que dizer a verdade. Estou, portanto, a torcer pelo Sporting de Braga. Conseguirá manter até ao fim o excelente nível que tem exibido? Espero bem que sim. Entretanto considero vergonhoso que nenhum dos programas televisivos dedicados aos debates “desportivos” (onde o futebol é sempre, e só, a única modalidade desportiva em discussão) tenha incluído até agora, nos seus painéis de comentadores, um representante permanente do Sporting de Braga. Continuam a ser sempre os mesmos três clubes representados nestas intermináveis sessões de bate-boca sobre a bola. Como se não houvesse mais nenhum outro clube em Portugal. Como se o Sporting de Braga não tivesse sido, desde o início do actual campeonato, um claro candidato ao título.

Percebo bem a lógica destes canais de televisão - incluindo o canal público, que devia ter obrigações acrescidas nesta matéria. Há que manter intacto o sistema, há que fazer tudo para continuar a fingir que o futebol português se resume a dois clubes de Lisboa e um clube do Porto.

Como se o resto do País só fosse paisagem.

Como se Braga, apesar do seu clube tão emblemático e tão digno de elogios, não fizesse parte do mapa desportivo português.


comentar
10 comentários:
De Rui Gomes a 1 de Abril de 2012 às 01:40
Excelente ponto Pedro. O programa «Trio de Ataque» na semana passada teve um representante bracarense, mas fiquei com a ideia que foi apenas uma visita. Vivemos numa sociedade global que visa o produto mais populista e não, necessáriamente, o de melhor qualidade. Considerando a propagação da marca Benfica, torna-se inevitável que 70% do tempo nesses programas seja dedicado a esse tema.
Excepto no «Prolongamento», e aí apenas pela apaixonada intervenção do dr. Eduardo Barroso, o Sporting, por norma, apenas surge nos derradeiros minutos dos programas, quase como quem dá esmola a um pobre. Com um quarto representante presente, será difícil preservar este inclinado sistema de preferência. Por coincidência e nada mais, sinto alguma afinidade para com o SC Braga por que em 1988 chefiei o futebol sénior da sua filial em Toronto que fez história no Canadá, sendo o primeiro clube luso-canadiano a conquistar a prestigiosa e centenária Taça da Província de Ontário, a Taça Inter-Provincial e foi finalista no «Challenge Cup» (Canadá), onde, infelizmente, por consequência de uma única derrota na fase de grupos, classificou-se em 3º lugar no país. Desculpe este aparte, mas sublinha o meu respeito pelo emblema bracarense, por incomparável que seja à minha devoção sportinguista.

Os melhores cumprimentos.



De Pedro Correia a 1 de Abril de 2012 às 13:19
A televisão oficial, que tem particulares responsabilidades na equidade de tratamento noticioso, só se lembrou que o Braga existe na semana em que o clube passou a liderar o campeonato. Lembrou-se demasiado tarde de fazer um convite esporádico ao presidente da assembleia-geral do SCB. O Braga já merecia ter um representante permanente nas tribunas televisivas dedicadas ao futebol. Sobretudo no canal público.


De Jose Manuel Barroso a 1 de Abril de 2012 às 02:32
É isso Pedro! A ganhar alguém, já que esse alguém não podemos ser nós, este ano, que seja quem realmente o merece.


De Pedro Correia a 1 de Abril de 2012 às 13:16
Estamos em sintonia, meu caro.


De Loe Green a 1 de Abril de 2012 às 12:26
Tem juizo homem! Quando o braga ganhar um trofeu ou dois ainda acho que sim. Agora neste momento, para que? para isso também temos de ter um representante do boavista ou do belenenses que tem mais titulos que eles. Enfim, daqui mais nem representantes do SCP há, como o zona mista da rtp, um obeso lampiao e um corrupto a descascar no SCP...isso é que nos devia preocupar.


De Pedro Correia a 1 de Abril de 2012 às 13:16
Não percebo minimamente o seu raciocínio. Só devemos apoiar o Braga quando já tiver ganho algum troféu? Pois é precisamente por nunca ter ganho que merece o meu apoio. E o apoio de muitos sportinguistas. Seria, de resto, a primeira atribuição do título de campeão nacional a um clube que não tem sede em Lisboa ou no Porto.
Quanto à nossa causa, garanto-lhe que não avança um milímetro com insultos - sempre lamentáveis - a quem não pensa como nós.


De Filipe Moura a 2 de Abril de 2012 às 02:34
Pois permite-me discordar, caro Pedro. O Braga não é um clube grande. Recomendo sobre este assunto o Joel Neto: http://www.dn.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=2351788&seccao=Joel%20Neto&tag=Opini%E3o%20-%20Em%20Foco
E, insultos à parte, concordo totalmente com o Loe Green - preocupa-me muito mais a ausência de um representante do Sporting no programa da RTPi.


De Pedro Correia a 2 de Abril de 2012 às 22:39
Caro Filipe, nada a objectar quanto à tua objecção: a discordância é o sal dos blogues. Sugiro até que transformes este comentário em 'post'. Dá um bom debate, julgo.
Abraço.


De Maria Araújo a 1 de Abril de 2012 às 14:05
Acabei de ir ao blogue da tertúliabenfiquista e deixar um comentário sobre o modo como trataram o Braga.
Adiante. Dou-lhe os parabéns por este post, e quero dizer que, desde o iníco da época, aliás, desde o ano passado que fomos à final com o Porto, à Irelanda, nos jogos que se anteciparam, foram pouquíssimas as vezes em que se falou do Braga como uma equipa capaz de estar ao nível dos outros 3.
Este ano, farto-me de comentar que o Braga ( não vai acontecer) havia de ganhar o campeonato apenas, e só apenas, para dar uma bofetada na porcaria da comunicação social e nos egoístas e oportunistas dos comentadores (que deixei de ver), pois puxam a brasa à sua sardinha.O Braga é uma equipa de província, uns coitadinhos....
Irrita-me, e nem dou grande imprtância ao futebol.
No entanto, sempre que uma equipa portuguesa joga para a liga europa, torço por ela, seja ela quem for.
Parabéns por este post. Ainda há quem respeite o futebol e saiba que num jogo há os vencedores e os perdedores, mas acima de tudo, saiba apreciar um bom jogo de futebol, que é o que deveria existir nos nossos valores.
Cumprimentos.


De Pedro Correia a 1 de Abril de 2012 às 20:21
Agradeço as suas palavras. Apareça sempre por cá.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

A minha costela Jota Jota

Pontos nos is.

A Europa e o Vida

Esperança

Irritação

P.O. a D.D. - A sério?

Manto de silêncio

Ódio puro e duro

Os nossos comentadores me...

Como utilizar um miúdo 15...

Arquivo

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

memória

comentários

selecção

bruno de carvalho

leoas

vitórias

prognósticos

há um ano

jorge jesus

campeonato

balanço

slb

arbitragem

benfica

mundial 2014

jogadores

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

euro 2016

árbitros

ler os outros

futebol

golos

clássicos

comentadores

nós

marco silva

crise

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
132 comentários
132 comentários
114 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds