22 Mar 12
Dêem lá um rebuçado ao homem…
Francisco Mota Ferreira

 

Posso estar enganado, e se estiver, agradeço que me corrijam, mas a decisão de fusão decidida pelos conselhos de administração da Sporting SAD e Sporting Património e Marketing são actos de gestão normais que, ao que parece, terão até vantagens recíprocas e de contenção de custos.

Foi por isso com alguma surpresa (ou talvez não) que ouvi o inefável Bruno de Carvalho dizer que com esta medida, a actual Direcção está a tentar “fazer passar os sportinguistas por parvos” e “burros”. O chapéu serve a quem o coloca, como se costuma dizer, e não me sinto diferente por causa disto. Se o candidato derrotado se sente, então será um problema dele, não?

Bruno de Carvalho vai mais longe e pede uma Assembleia Geral extraordinária. Por mim fazia-lhe a vontade. Já são tantas as alarvidades ditas por este senhor cujo ego do tamanho do mundo o impede de perceber que a maioria dos sportinguistas não o escolheu para presidente que é altura de lhe mostrar que o Sporting não está com ele. Na Assembleia Geral até pode ser uma boa altura…


comentar
8 comentários:
De Jose Manuel Barroso a 22 de Março de 2012 às 17:07
Eu de acordo, Francisco, exceto com a AG, já que, como notou, foram atos de gestão normais, legais e legítimos - a bem da situação economico-financeira da Sporting-SAD e do acerto de contas entre o SCP e a SAD. Algo que o Benfica já fez, há algum tempo, p.e..
Eu não fui um apoiante desta direção, nas eleições, por isso me sinto à vontade para comentar. Choca-me o sportinguismo dos que estão sempre no contra, tentando derrubar quem foi eleito democraticamente, fazendo do Sporting um vulcão em permanente erupção, para gáudio dos seus inimigos externos. O projeto de Bruno de Carvalho conseguiu apenas 36 por cento dos votos, havendo portanto mais de 60% de sócios que se não identificaram com ele. Isto diz qualquer coisa. É legítimo qualquer sócio sonhar em ser presidente do clube. Mas não a qualquer preço, valendo tudo.


De Duarte Fonseca a 22 de Março de 2012 às 17:30
Correcção:
Está enganado quando diz que a maioria dos sportinguistas não escolheu Bruno de Carvalho para presidente.
A maiorira dos sportinguistas votantes nas últimas eleições escolheu de facto Bruno de Carvalho para presidente. A maioria dos votos é definiu que fosse Godinho Lopes o presidente.
São coisas diferentes e sobre as quais se deve ter algum cuidado na abordagem...
Ainda para mais quando o que Bruno de Carvalho diz sobre o acto de (suposta) gestão em questão (não querendo discutir o palavreado empregue) me parece correcto e necessariamente imprescindível de ser ratificado em sede de AG.
SL


De Jose Manuel Barroso a 24 de Março de 2012 às 11:48
Meu caro Arnaldo, se assim é, mude-se os regulamentos e dê-se a cada socio um voto. Deixemo-nos dessa estória de fidelidade ao clube, dando a possibilidade a cada candidato de fazer campanha por novos socios, com um ano de antecedência, em relação às decisões. Ele até poderia, se tiver apoios para isso, pagar a inscrição e as quotas. E, assim, qualquer recem-chegado terá um voto igual ao sócio de 10, 20 ou 30 anos. Os 'cristãos novos' podem até, depois, cessar a sua fidelidade ao clube, depois de terem dado o voto ao seu candidato pagante. É muito democrátido? É. É golpismo? É. Mas isso que interessaria a quem quer o poder de qq jeito, isto é, fora das regras comuns a todos?


De Duarte Fonseca a 24 de Março de 2012 às 14:36
Caro JMBarroso, antes demais deixe-me referir que muita estima tenho pelos seus habituais escritos neste espaço.
Depois deixe-me relembrar-lhe duas coisas:
1) O que referi no meu comentário foi um facto e não uma opinião ou uma inverdade (como o fez o autor do post);
2) Caso não tenha conhecimento, passo a informá-lo de um outro facto: Foi Godinho Lopes e a sua candidatura quem andou a pagar cotas aos sócios antigos para que votassem nele, percebendo antecipada e claramente a vontade da maioria dos sportinguistas votantes, como de resto se verificou no dia das eleições.
Mais uma vez relembro, que o que refiro são factos e não opiniões.
Não quero com esta minha posição defender Bruno de Carvalho nem muito menos manifestar a minha discordância com a blindagem estatutária que confere a diferenciação pela antiguidade.
Mantenho o que disse no início. Objectivamente, Bruno de Carvalho teve mais votantes que Godinho Lopes e quem não quer reconhecer, a bem do rigor, é o autor do post. E quando a isso nada mais me resta fazer senão lamentar a falta de rigor do mesmo.
Que ganhemos hoje ao Feirense que isso é que é importante.
SL


De Rui Gomes a 22 de Março de 2012 às 18:20
Conquanto a fusão possa vir a providenciar vantagens recíprocas e contenção de custos, como indicou, tenho a sensação de que o processo foi provocado por uma necessidade absoluta e, porventura, até urgente, não se limitando a um mero aperfeiçoamento estrutural. À semelhança do que já foi efectuado tanto pelo Benfica como pelo FC Porto, o intento primacial será de transferir o líquido do património para a SAD, reduzindo ou eliminando o passivo desta. Por esta via, a mesma ficará em melhores condições para assegurar crédito e, em simultâneo, torna-se num projecto mais apetecível
para os eventuais investidores que, tudo indica, o Sporting está a tentar atrair. Quanto ao Bruno de Carvalho, até é de admitir que ele terá em mente a defesa dos interesses do Sporting, contudo, pelo seu
ainda evidente inconformismo com o resultado do acto eleitoral e pela sua sucessiva manifestação de oposição, é justo questionar as suas intenções. Ainda nesta temática, lamento a Associação de Adeptos Sportinguistas ter sentido a necessidade de vir a público com o seu pedido de esclarecimento à Direcção sobre a referida fusão. Deveria ter esperado pelas informações antes de se pronunciar de modo que só pode ser interpretado como uma contestação. Por fim, e digo isto sem conhecimento de causa, não quero acreditar que a Direcção tenha agido em transgressão dos Estatutos do Clube. Além de constar de um acto ilegal, não faz sentido.


De Rui Gomes a 22 de Março de 2012 às 19:42
Adiantei o meu comentário antes de ler os primeiros dois. Uma simples palavra adicional: partindo do princípio que os Estatutos do Clube estão bem redigidos, não deverão existir dúvidas ou conjecturas. A referida fusão exige ou não ser ratificada em Asembleia Geral ?...Tão simples como
isso e, daí, o meu parecer que a Direcção não terá agido contra as exigências legais, quer do Clube quer da CMVM.

Rui Gomes


De Outside a 22 de Março de 2012 às 20:00
Apesar da minha empatia pelo post, creio infelizmente que esse Senhor de burro ou asno nada tem.

SL



De Fernando Albuquerque a 27 de Março de 2012 às 09:22
Por favor digam a este consócio para se calar. Não me posso esquecer que fiz 300 Kms . para votar nele (bem arrependido estou) e quando saí da "bicha" estava em frente da loja verde a fazer um "comício" com pessoas que Deus me perdoe, pois não sei o que será a minha vida no futuro, que pareciam que estavam numa AG de um clube de bairro dos mais carenciados de Lisboa, por quem tenho muito respeito, pois foi aí que fui criado e ainda hoje gosto muito de rever tudo o que fiz nessa altura da minha vida.

Já não aguento mais as suas palavras. Não é nos jornais que devemos falar sobre o nosso SCP .
Está a dar razão aqueles que dizem que o SCP tem os dias contados. Os outros clubes têm os mesmos problemas e alguns mais graves e estão calados.

Se quer ser Presidente do SCP não é assim que cativa os sócios. Arranje maneira de fazer uma A.G . e aí diga de sua justiça, mas não nesta altura onde está em jogo ainda muita coisa. Falar para os jornais é uma cobardia que não lhe vou perdoar no futuro

Saudações leoninas Fernando Albuquerque


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Fanfarronice ou será que ...

Prognósticos antes do jog...

Os nossos comentadores me...

Leoas às sextas

A minha costela Jota Jota

Pontos nos is.

A Europa e o Vida

Esperança

Irritação

P.O. a D.D. - A sério?

Arquivo

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

memória

comentários

selecção

bruno de carvalho

leoas

vitórias

prognósticos

há um ano

jorge jesus

campeonato

balanço

slb

arbitragem

benfica

mundial 2014

jogadores

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

euro 2016

árbitros

ler os outros

futebol

golos

clássicos

comentadores

nós

marco silva

crise

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
134 comentários
132 comentários
114 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds