Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Contra o Gil, contra tudo e contra todos

 

Agora já posso dizer que tive sorte antes de todo aquele azar. Ver um reluzente par de cornos direitinhos a mim só podia querer dizer uma coisa, e embora nesse instante eu não soubesse bem de que coisa estava a falar, era certo que não podia ser coisa boa. Não podia ser boa, repetia o meu cérebro com a força de um martelo. Senti um impulso percorrer-me o corpo desde a lustrosa crina até aos meus belos cascos: e saltei. Saltei como um louco. Tinha de evitar aquela marrada custasse o que custasse. Bem lá no fundo, eu sabia que aquele par de cornos representava uma fúria acumulada por anos e anos a levar com ferros nas costas. Aquele par de cornos representava os cornos de muitos outros que já estavam cansados de tanta tourada. Um dia haviam de querer sair da manada e aquele parecia ser o momento de marrarem comigo. A cornada não me assentou em cheio por causa dos saltos loucos que eu ia dando pela arena fora, mas se me tem acertado no fígado… Corri a torto e a direito e só depois de confirmar o falhanço da cornada consegui encarar a multidão ululante. Ufa! Recomecei a trotar com elegância em redor da praça, mas só eu e Deus é que sabemos a pilha de nervos em que eu estava. Aquele par de cornos tinha-me deixado em pânico, petrificado no meio da areia, incapaz de responder aos impulsos do meu dono. O meu dono! Anos e anos de papas de aveia e tratamentos de pelo que tinham ficado ameaçados por causa de uma cornada. A investida daquele par de cornos queria dizer realmente qualquer coisa, mas, honestamente, ainda continuo sem saber exactamente o quê. O que poderei fazer por ele?

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D