15 Mar 12

A vantagem de jogar em casa é uma treta. Explico. Antes de mais, um campo de futebol não é propriamente uma casa. Se olharem bem, não há divisões, escadas, armários, gavetas, sótãos, alçapões e arrecadações. Se houvesse, seria compreensível que quem jogasse em casa tivesse vantagem por conhecer melhor os cantos da dita. Mas, que diabo. Aquilo é só um campo de futebol. De baliza e baliza não há um único roupeiro, uma porta com fechadura manhosa, um faqueiro de prata escondido. O que existe, na realidade, é campo aberto e largueza de vistas (tirando o caso particular da Choupana por causa do nevoeiro). Uns atacam para o lado que os outros defendem. E vão alternando conforme podem. Claro que não falta literatura científica sobre o assunto. Certos entendidos fundamentam a home advantage com a territorialidade e o sentimento de pertença a uma região. Ora, numa equipa como a do City em que a 101,2% dos jogadores conheceram Manchester pouco antes do início da era DYB (depois de o Yannick assinar pelo Benfica), o argumento não pega. Alguns referem o desgaste das viagens. Puro nonsense se tivermos em conta que é mais rápido chegar a Manchester do que atravessar a 2ª circular. Outros falam da importância do público e da pressão que este coloca. Mas, que diabo. O Sporting joga há dezenas de anos em casa. E todos sabemos como o ambiente de Alvalade pode ser hostil aos jogadores locais. Os rapazes estão, portanto, habituados a grande pressão. Refere-se ainda o “caseirismo” dos árbitros. Aqui importa recordar que o Sporting joga, desde que me lembro, no campeonato português. Quem sobreviveu a Paraty, Calheiros ou Lucílio está preparado para resistir a um norueguês por muito manhoso que este se apresente. Ou seja, em geral não há grande fundamento na teoria da home advantage. No caso concreto do Sporting, a vantagem de jogar em casa não tem mesmo qualquer sentido. Sobretudo hoje que jogamos fora (nesta coisa do debate cientifico não convém sermos definitivos: quem sabe se no próximo jogo em casa não será altura de analisar novos argumentos e de dar o braço a torcer se os que agora se defendem estiverem errados).  Para hoje, e sendo esta a teoria, só falta pô-la em prática.


comentar
6 comentários:
De Jose Manuel Barroso a 15 de Março de 2012 às 12:08
Rui, esta é a melhor crónica sobre o tema, da era DYB. Brilhante.


De Rui Rocha a 15 de Março de 2012 às 12:55
Obrigado, José Espero que se confirme que não há nada mais pratico do que uma teoria...


De Fernando Albuquerque a 15 de Março de 2012 às 12:41
Excelente o seu ponto de vista duma situação, que na realidade não tem razão de existir, pois são 11 contra onze, embora o SCP este ano tenha jogado várias vezes conta 11 + 3 apitadores que estragam todas as tácticas.que se queiram aplicar durante um jogo de futebol, que segundo os entendidos o fazem por incompetência. Não acredito em "bruxarias " mas que se fazem isso é verdade.

Ando sempre a vêr se me lembro dos antigos apitadores que ao longo dos anos, foram oferecendo trofeus aos nossos adversários. Hoje encontrei mais um graças a si, o famoso Carlos Calheiros. Mas há muitos mais. Vai fazer parte de algum museu, mas não do nosso.

Saudações leoninas. Fernando Albuquerque


De Rui Rocha a 15 de Março de 2012 às 12:58
Ocorre-me que o museu do Calheiros bem podia ser em Paraty (municipio do Estado do Rio de Janeiro).


De José Navarro de Andrade a 15 de Março de 2012 às 13:18
não está nada mal visto, nãos enhor. E até dá jeito hoje pensar assim. Segundo Popper são mesmo estas as bases das teorias científicas.


De Rui Rocha a 15 de Março de 2012 às 16:35
Popper is propper.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Fanfarronice ou será que ...

Prognósticos antes do jog...

Os nossos comentadores me...

Leoas às sextas

A minha costela Jota Jota

Pontos nos is.

A Europa e o Vida

Esperança

Irritação

P.O. a D.D. - A sério?

Arquivo

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

memória

comentários

selecção

bruno de carvalho

leoas

vitórias

prognósticos

há um ano

jorge jesus

campeonato

balanço

slb

arbitragem

benfica

mundial 2014

jogadores

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

euro 2016

árbitros

ler os outros

futebol

golos

clássicos

comentadores

nós

marco silva

crise

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
134 comentários
132 comentários
114 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds