14 Fev 12
Havíamos era de...
José Navarro de Andrade


O que é mesmo bom é ser treinador de bancada, seja a cuspir cascas de tremoço no café, seja a deitar perdigotos aos microfones de uma TV, seja, mesmo de bancada a sério, a pagar. Estes, convenhamos, têm um pouco mais de ciência, porque lhes fica a arder na carteira a frustração do mau espectáculo.

O treinador de bancada não tem dilemas, só tem que resolver na generalidade uns problemas gerais. Por isso dedica-se ao regalado exercício de sudoku que é o de fazer tácticas com jogos numéricos: ó a dinâmica do 4X4X2, o ímpeto do 4X3X3, a astúcia do 4X1X3X2 e por aí fora. Entrega-se também a formar equipas imaginárias, que no Football Manager levam tudo à frente. Um exercício fantástico, literalmente, para quem não convive de segunda a sexta, das 8H30 às 20h30, com um bando de rapazes sobrevitaminados, de ego inflamado e qual deles de psique mais melindrosa.

Dilemas a sério têm os que estão obrigados a tomar decisões (conhecem o conceito? Decidir…), que torraram 4 milhõesitos em ludopedistas e agora os vêem à deriva sem saber onde param os outros quando têm a bola nos pés. No futebol, como no resto que conta, há um detalhe infame, bem sei, chamado resultados. Não é o azar de a bola bater na trave e está o caldo entornado, isso seria fácil, é a bola bater sempre na trave, um facto cuja persistência tem que transcender o mero azar. Até no poker há campeões e nem tudo é uma questão de sorte.

Domingos era boa pessoa? Certamente. Era escorreito? Diz-se que sim. Tinha boa vontade? Concorde-se for the sake of the argument. Mas Domingos, porra (pardon my french) it’s results, stupid, e estes não apareceram, nem estavas com cara e conversa de os encontrar. Bem esperámos e esperámos por eles, chegámos a acreditar neles, mas nada. Ao fim e ao cabo, estamos onde estávamos no ano passado, com um pé frio à frente da equipa e uma equipa que pedia meças à do Rio Ave. Mau, ou melhor: pior.

Por isso, aqui vos digo: bem fez quem manda no Sporting em dar asas às botas de Domingos. E mais vos digo que fez bem em fazer depressa, o que deve ter sido chato para os vendedores de papel e comentaristas adjacentes, que ganham à hora e ao quilo – quanto mais a novela se arrastasse melhor ficariam eles.

Chama-se a isto ter um dilema e resolvê-lo. Para resolver problemas há muitos e todos sabem perfeitamente o que os outros devem fazer.

Agora venham lá os resultados.


comentar
Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Os melhores prognósticos

O dia seguinte

Nem se dão ao incómodo de...

Os nossos comentadores me...

Isto é o Sporting!

Limpinho, limpinho

Ao Edmundo

Pódio: Bruno César, Gelso...

A diferença entre erro e ...

Arquivo

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

memória

comentários

selecção

bruno de carvalho

leoas

vitórias

prognósticos

há um ano

jorge jesus

campeonato

balanço

slb

arbitragem

benfica

mundial 2014

jogadores

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

euro 2016

árbitros

ler os outros

futebol

golos

clássicos

comentadores

nós

marco silva

crise

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

slimani

liga dos campeões

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
132 comentários
114 comentários
112 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds