Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Traição?

A ser verdadeira a informação veiculada pela Agência Lusa de que Domingos estava em contactos com o FC Porto há algum tempo, estará explicada a razão para o seu afastamento por parte da direcção liderada por Godinho Lopes. Porque dessa forma passa a ser uma decisão mais do que justificada e que faz cair por terra a necessidade de continuar a aguentar a 'coisa'. Assim sendo, este caso não tem nada a ver com o que se passou com Robson. Sousa Cintra fez asneira, o caso actual poderá configurar, no entender dos responsáveis leoninos, um acto de traição pura e dura. Se os rumores forem autênticos - o que ninguém quer acreditar - Domingos é um homem livre para se encontrar, às claras, com Jorge Nuno Pinto da Costa e resolver o que tem para resolver.

 

Já agora, para quem acha estranhas as declarações do presidente do Sporting, horas antes de despedir Domingos, acabo de reparar que Godinho Lopes nunca disse que o ia manter após a derrota humilhante com o Marítimo: "Temos uma estrutura à volta do futebol que está clara e consolidada, sabemos que tem de haver um trabalho sustentado, há jogadores a entrar e a sair, como é do conhecimento público, e com certeza que os resultados vão aparecer", acrescentou o presidente do SCP.

 

Como sportinguistas que somos, acreditamos que a decisão foi a mais correcta, tendo em conta os novos dados e os resultados desportivos. O plano inclinado em que a equipa se encontrava não augurava nada de bom, era preciso agir rápido e evitar mais danos à instituição. A partir de hoje, Ricardo Sá Pinto é o nosso treinador. Acreditamos nele porque acreditamos no Sporting. Sempre!

 

P. S. - Entretanto, Domingos Paciência emitiu hoje (terça-feira) um comunicado sobre o assunto. Em nome do direito ao contraditório, aqui fica o que o ex-treinador do Sporting diz em sua defesa.

 

P. S. (II) - Luís Duque, por sua vez, diz que não acredita nos tais contactos.

 

P. S. (III) - Já Godinho Lopes pede para não se inventarem histórias. Em que ficamos, então?

 

P. S. (IV) - Lusa admite revelar a(s) fonte(s) caso se prove ter havido má fé.

1 comentário

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D